segunda-feira, 17 de setembro de 2012

POLÍCIA ENCONTRA DOIS CADÁVERES EM MARACANAÚ.

Policiais militares lotados no 14º BPM, em Maracanaú, foram acionados para dois casos de achados de cadáveres na manhã de ontem. O primeiro ocorreu na Travessa Alto da Alvorada, localidade de Mucunã. A vítima, do sexo masculino e, ai não identificada, estava em um saco plástico com pés e mãos amarrados.


Segundo a Polícia, tudo leva a crer que o corpo foi desovado naquele terreno baldio, pois não havia manchas de sangue no local. Acredita-se que a vítima foi morta há cerca de uma semana, pois o estado de decomposição estava bastante adiantado.

O perito Jesus Sales, da Coordenadoria de Criminalística (CC), da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) disse que havia uma perfuração compatível com lesão a bala na parte posterior da cabeça da vítima.

Segundo ele, os detalhes sobre a morte do homem só poderão ser conhecidos após o exame cadavérico, na Coordenadoria de Medicina Legal (Comel). Na Travessa Ipu, bairro Parque Jari, um popular encontrou o corpo de José maria Queiroz, 43, que estava no terreno pertencente a uma indústria de aguardente. O corpo, segundo o perito criminal Jesus Sales, estava mumificado.

Segundo os moradores da área, o cadáver de José Maria estava no terreno há mais de um mês. Os populares contaram que, desde o mês passado, o mau cheiro tomou conta da rua, entretanto todos pensavam que se tratava de um animal.

Na manhã de ontem, um morador foi colher bananas e encontrou o corpo. A identificação da vítima foi possível porque a carteira de identidade estava no bolso. "Não encontrei lesões, mas somente a necropsia vai dizer a causada morte", disse o perito.

CPPL

Na tarde de ontem, um detento foi encontrado morto na Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) de Caucaia. O corpo do preso, que não teve o nome divulgado, foi achado em uma cela na Rua D, Pavilhão 3. 

Fonte: DN

Nenhum comentário: