sexta-feira, 3 de agosto de 2012

SOBE PARA CINCO O NÚMERO DE PRESOS SUSPEITOS DE EXPLODIR BANCO EM MILHÃ.

Cinco pessoas foram presas suspeitas de ter participado do assalto a agência do Banco do Brasil do município de Milhã, a 301 km de Fortaleza. A prisão de dois acusados aconteceu na manhã desta sexta-feira (3).
A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que cinco pessoas foram presas em um matagal no distrito de Cangati, entre os municípios de Solonópole e Banabuiú, a 275 km de Fortaleza.

Ainda de acordo com informações da SSPDS, os quatro homens e uma mulher confessaram a participação no crime. Os acusados devem ser encaminhados à Delegacia de Roubos e Furtos.

Primeira prisão

Durante a madrugada desta sexta-feira (3), houve uma troca de tiros entre a Polícia e dois suspeitos, no distrito de Cangoti. Um dos suspeitos foi preso e outro conseguiu fugir.


Após explodirem a agência, os bandidos atiraram contra posto policial. O carro utilizado na fuga foi encontrado carbonizado. Crédito: Geraldo Filho


A ação

Na última quinta-feira (02), cerca de 10 homens explodiram uma agência do Banco do Brasil e atiraram contra o destacamento da Polícia Militar no município de Milhã, a 301  km de Fortaleza. Segundo informações da poícia, após o crime, os homens se dividiram em dois grupos e abandonaram os três veículos utilizados na ação próximo ao município de Solonópole,a 275 km de Fortaleza.

Fonte: DN

Nenhum comentário: