quinta-feira, 19 de abril de 2012

"COMETI UM ATROCIDADE", DIZ PAI FLAGRADO ESPANCANDO FILHA DE 9 ANOS. (VEJA VÍDEO).

O auxiliar de pedreiro Alessandro dos Santos Borges, de 29 anos, disse estar arrependido de ter agredido a filha de 9 anos.“Foi um ato de fraqueza, eu acabei cometendo essa atrocidade contra minha filha, tenho um profundo arrependimento, eu só sei chorar e pedir perdão”, disse, em entrevista nessa quinta-feira (19) ao MSTV 1ª edição.
O homem foi denunciado por um vizinho, que filmou a agressão ocorrida na sexta-feira (13). No mesmo dia ele foi detido e, na terça-feira (17), foi liberado, após habeas corpus. Segundo a Polícia Civil, ele foi indiciado por lesão corporal culposa.

A madrasta da criança, a operadora de telemarketing de 30 anos, também foi indiciada pois a menina disse que já havia sido agredida por ela anteriormente.

Durante a entrevista, Borges disse que a intenção das palmadas não era prejudicar a filha e, sim, educar. “Sempre gritei muito e, como o tom da minha voz altera sempre, os vizinhos achavam que batia nela sempre. Essa foi a primeira vez que bati nela daquele jeito, eu achei que estava educando ao bater. Em outras vezes, eu colocava ela de castigo, ela ia para o quarto e ficava lendo, mas eu não batia”.

O homem viu o vídeo em que foi flagrado batendo na filha e disse que não se reconhecia. “A partir de tudo o que aconteceu, hoje eu sou uma pessoa melhor, eu mudei. Foi uma coisa de momento que eu não consigo nem explicar. Sei que eu não devia ter feito”.




Depois que foi liberado, a Justiça o proibiu de manter contato com a menina que está provisoriamente com a avó paterna. Borges deve ficar a distância mínima de 300 metros da garota, sob pena de ser detido novamente. “Eu creio que ela vai superar isso, porque ela é muito forte e eu não tive tempo de conversar com ela, de pedir perdão para ela. Espero que minha atitude não deixe tantas marcas internas nela”.

A avó paterna já protocolou o pedido de guarda provisória da menina. A mãe biológica também está reunindo documentos para fazer a mesma solicitação.

Fonte: G1
CAMOCIM POLÍCIA 24hs

Um comentário:

MIRANDA disse...

.



PARECE SER UM ARREPENDIMENTO TÃO MENTIROSO!



.