quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

BALA PERDIDA MATA MENINA DE 8 ANOS.

A criança foi atingida nas costas. A suspeita de que o atirador seja um policial está sendo investigada pela DHPP
"Ouvi vários tiros e corri sem olhar para trás, junto com as duas crianças. Quando percebi, apenas uma continuava ao meu lado e a outra já estava no chão".
O relato é da dona de casa Antônia Marta Ferreira de Almeida e a menina morta era a pequena Laís Nascimento de Sousa, 8.
Laís morreu, ontem, após ser atingida com um tiro de pistola nas costas, disparado por um homem ainda não identificado, enquanto caminhava na Travessa Rafaela, bairro Genibaú em Fortaleza. A menina estava na rua juntamente com Marta Ferreira, amiga da mãe dela, e da filha do padrasto, de apenas cinco anos, quando foi baleada e morta.

A criança havia chegado da Escola Manoel Caetano de Sousa, onde estudava e, minutos depois, saiu de casa com Marta Ferreira e Nicole, de cinco anos, para ir à casa do primo, no mesmo bairro. "Assim que a gente saiu, vi um homem sem camisa correndo e, depois ouvi os tiros".

A dona de casa contou que enquanto corria imaginou que também estava ferida. "Não vi quem atirou, mas sei que era uma pessoa em uma moto". Ao olhar para o lado, Marta viu Laís caída e se desesperou.

Segundo ela, a outra criança também começou a tremer nervosa e os vizinhos ligaram para a Polícia e para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Quando a ambulância chegou, a menina já estava morta.

O acusado, segundo o subtenente Marinho, da 4ª Companhia do 6º BPM (Conjunto Ceará), estava em uma moto Bross e perseguia um homem identificado pelo apelido de ´Guerreiro´.

Conforme o militar, ´Guerreiro´ teria roubado a bolsa de uma mulher e estava sendo perseguido por um parente da vítima do roubo, supostamente, um policial. "Estamos à procura dessa pessoa e não sabemos se é um policial, mas tudo vai ser investigado", disse o PM.

Próximo ao corpo da pequena Laís, os militares encontraram cápsulas de pistola de calibre Ponto 40 (0.40). O material foi encaminhado para análise da Perícia Forense do Ceará (Pefoce).

Um tio da criança desmaiou ao chegar no local onde o corpo franzino de Laís estava caído. Parentes amparavam Rosiane Nascimento, mãe da menina que, segundo vizinhos e amigos, está grávida de três meses.

A dona de casa Daniele Lima contou que conhecia Laís desde quando ela nasceu. "Ela tinha amizade com todo mundo. Era muito educada e querida por todos aqui do bairro", disse.

Adolescente
Na manhã de ontem, o corpo do adolescente Marcílio Ferreira dos Santos, 16, foi encontrado na localidade de Mucunã, em Maracanaú. O cadáver apresentava ferimentos a bala nas costas, cabeça e pescoço.

Fonte: DN
CAMOCIM POLÍCIA 24hs

Nenhum comentário: