sábado, 26 de fevereiro de 2011

POLICIAL MINEIRO ACUSADO PELA MORTE DE DOIS INDIVÍDUOS COMETE SUICÍDIO.

Um dos quatro policiais militares presos em Minas Gerais por suspeita de envolvimento na morte de duas pessoas, no domingo (20), em uma favela de Belo Horizonte (MG), foi encontrado morto em uma
cela na manhã desta sexta-feira. De acordo com a PM, as circunstâncias apontam para suicídio, mas um inquérito foi aberto para apurar a morte do cabo Fábio de Oliveira, que completaria 23 anos na corporação em junho.
O policial estava sozinho na cela de um batalhão da PM mineira. De acordo com o tenente coronel Alberto Luiz Alves, assessor de comunicação da corporação, o corpo foi encontrado às 7h30, quando a guarda levou o café da manhã do preso. Ele teria usado o cordão interno da bermuda para fazer uma forca no registro do chuveiro da cela.
O fato de ele ter consigo esse cordão será investigado no inquérito, mas Alves nega que tenha havido falha. "Quando a pessoa quer tirar a vida dessa forma, pode rasgar a camiseta ou o lençol para isso. Ele não apresentou nenhum sinal de distúrbio que nos fizesse prever o fato", afirmou.
Na quinta-feira (24), o cabo tomou banho de sol na quadra poliesportiva do quartel e recebeu a visita da mulher e da filha.
A PM afirmou que aumentará a vigilância dos três policiais detidos, que estão em quartéis diferentes.
Fonte: Bom dia Sobral

Nenhum comentário: