quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

CAMOCIM: JUSTIÇA LIBERA DETENTOS E EM MENOS DE 8 HORAS DE LIBERDADE SÃO PRESOS PELO GETAM POR PRÁTICA DE ASSALTO.


João Paulo
O Poder Judiciário e Ministério Público de Camocim realizam um multirão carcerário objetivando desafogar a Cadeia Pública de Camocim. Os presos que já têm tempo para progressão de regime estão sendo posto em liberdade condicional, alguns ganham a liberdade durante o dia e dormem na cadeia à noite, outros passam  o final de semana encarcerados, ficando liberto de segunda-feira de manhã até a sexta-feira a noite.
Infelizmente existem àqueles que não têm nenhuma vontade de se corrigir e começar uma nova vida. 
Biraca
Vítima
Ontem (16), por volta das 16:00 hs, uma equipe da F.T.A. composta pelos Sds Flávio, S. Filho e Golvêia foram requisitados para fazer a escolta de oito detentos para o Fórum de Camocim, pois os mesmos iriam ganhar a liberdade condicional.
Os policiais são testemunhas que a Juíza de Direito atendia um por um e explicava sobre a progressão de regime a qual tinham direito e estavam sendo beneficiados. A Doutora deixou claro par todos eles que ao menor deslize perante a Justiça, os mesmos teriam o regime quebrado e voltariam para o regime fechado, que é aquele em que  o detento fica preso direto.
Pois bem, em menos de oito horas de liberdade, dois dos detentos beneficiados pela progressão de regime, foram presos novamente por uma equipe do GETAM comandada pelo Cb Dos Santos e composta pelos Sds Rivelino, Guilherme e Clêuton. Os detentos João Paulo da Silva, vulgo "João Paulo",29, natural de Acaraú, e outro elemento de nome Glaciano, vulgo "Biraca", para variar e matar a saudade, realizaram um assalto a um cidadão conhecido como Francisco Diassis Ferreira da Silva, 24, natural de Granja e residente na rua principal, Olinda I. A vítima relata que ia transitando na rua citada, quando foi surpreendido por três homens, dois o seguraram e o outro roubou-lhe os pertences (carteira porta cédulas, um celular Nókia, cigarros, isqueiro e uma quantia de R$ 150,00), lhe agrediram e em seguida fugiram. Francisco ligou para a Polícia que rapidamente designou uma patrulha do Ronda e uma equipe do GETAM. O Sd Rivelino desconfiou de João paulo e Biraca, pois soubera que estavam libertos e ali é uma de suas áreas de atuação. Diligências foram feitas pelo GETAM e Ronda em um lugar conhecido como Favelinha, que fica às margens do açude do comércio, entre os bairros Brasília e Olinda. Os dois detentos foram pegos de surpresa pelos policiais. Biraca ainda estava de posse da cateira e do celular, João Paulo estava sem nada e o dinheiro não foi encontrado. O terceiro homem não foi identificado nem localizado pois segundo a vítima, ele estava encapuzado. Os detentos Biraca e João Paulo foram conduzidos a Delegacia e autuados pelo crime de assalto (art. 157) e com certeza voltarão para o regime fechado, bem trancados na Cadeia Pública de Camocim até que lhes sejam concedido um novo benefício.

3 comentários:

Anônimo disse...

Cuidado população o pandido rato já esta solto e prometendo arrepiar e ai policia fique alerta pos ele já começou a furta de novo na área onde ele mora.

Camocim Polícia24h disse...

A polícia está atenta nese elemento.

Anônimo disse...

desde ja parabenizo o trabalo brilhante de vcs.DEUS O PROTEJA.