terça-feira, 27 de abril de 2021

POLÍCIA MILITAR APREENDE QUASE 62 KG DE DROGAS EM ABORDAGEM NA CIDADE DE TIANGUÁ


A Polícia Militar realizou mais uma grande apreensão de drogas, na manhã desta terça-feira, 27, no município de Tianguá. Quase 62 quilos de entorpecentes foram encontrados escondidos no para-choque de um automóvel, que foi abordado na BR 222, por militares do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio). A ação teve o apoio de equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF). 


A ocorrência foi registrada por volta de 9 horas de hoje, quando os pms do CPRaio que atuam na região obtiveram a informação acerca de um determinado veículo que estava em deslocamento de Tianguá para Viçosa do Ceará, com um grande carregamento de drogas. Os policiais diligenciaram e identificaram o veículo de modelo Renault Sandero, cor preta. 


De imediato, os militares efetuaram a abordagem do automóvel. Em um primeiro momento, nada de ilícito foi encontrado. Ainda durante a vistoria, uma composição da Polícia Rodoviária Federal (PRF) chegou ao local e informou que também havia recebido uma informação acerca de um carro contendo uma carga de entorpecentes, e por esse motivo, estava em busca do referido veículo. 


Pelos fortes indícios, os agentes estaduais e federais fizeram uma inspeção mais detalhada no veículo e localizaram os entorpecentes. Ao todo, pouco mais de 45 quilos de crack e 16,7 quilos de cocaína foram apreendidos. O material ilícito estava escondido em um fundo falso no para-choque do carro, embalado e dividido em cerca de 50 tabletes. O condutor foi identificado por Vildomar Melo de Silva, 42 anos, que acumula duas passagens pela Polícia por crime contra a propriedade imaterial. Em depoimento, ele afirmou que o carro era de um parente e que ele não sabia da existência da droga. 


Vildomar foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. O caso foi registrado na DPC de Tianguá que transferirá o caso para a Delegacia de Narcóticos (Denarc). A especializada dará continuidade às investigações. 

 

SSPDS

Nenhum comentário: