quinta-feira, 11 de março de 2021

ADOVAGADO SUSPEITO DE INTEGRAR FACÇÃO CRIMINOSA É PRESO PELA TERCEIRA VEZ EM MENOS DE DOIS ANOS NO CEARÁ


Em setembro de 2019, Alaor foi preso pela primeira vez, na saída de uma unidade prisional. Os policiais encontraram com ele, aproximadamente, 20 bilhetes com conteúdos que faziam menção ao crime organizado 


Um advogado foi preso nessa quarta-feira (10) por policiais civis, no bairro Dam Em as, em Fortaleza. Conforme a Polícia Civil, a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas (Draco) cumpriu mandado de prisão preventiva contra um suspeito de integrar organização criminosa. A reportagem apurou que o advogado detido é Alaor Patrício Júnior. 


O suspeito foi encaminhado até a sede Delegacia de Capturas e Polinter (Decap) e já nesta quinta-feira (11) transferido ao Sistema Penitenciário do Ceará. Mais detalhes não foram divulgados porque o caso tramita em segredo de Justiça. A reportagem teve acesso a vídeos onde Alaor aparece ostentando drogas e armas de fogo. Conforme o Ministério Público do Ceará (MPCE), o advogado é membro de uma facção criminosa de origem carioca. 

Por nota, a Ordem dos Advogados do Brasil - Secção Ceará (OACE) disse ter sido informada sobre a expedição do mandado de prisão preventiva e que esteve na última quarta-feira (10) acompanhando o advogado para "garantir a legalidade da prisão no que tange às prerrogativas da advocacia". 


Leia a matéria completa no Diário do Nordeste

3 comentários:

Direita já disse...

Quer ser preso de verdade, e ter o pedido de liberdade negado, ?
É só xinga o STF, aí a Lili não canta viu fi, é sal como diz os fedecu dos Zé droguinhas.

Anônimo disse...

Um vagabundo desse, nem o Satanás ´não quer ele andando pelo inferno

Anônimo disse...

ESSE DESGRAÇADO TERIA QUE PEGAR 50 ANOS NO REGIME FECHADO