sexta-feira, 3 de abril de 2020

CAMOCIM-CE: PICAPE S10 CAPOTA E PROVOCA VIOLENTO ACIDENTE COM MÃE E FILHA. VEJA VÍDEO


Condutora e passageira eram mãe e filha residentes em Fortaleza

Por volta das 16h30 desta sexta-feira, 03, a polícia registrou um acidente de trânsito na CE-085, ao lado do motel Fujiame, que por sorte não ocasionou vítimas fatais.  
De acordo com o que apurou o blog Camocim polícia 24h, duas mulheres ocupavam o veículo Picape S10 de cor branca quando no local indicado a condutora perdeu o controle e colidiu violentamente com um poste da Enel e um pé de eucalipto. As imagens produzidas pelo acidente foram assustadoras, perda total do veículo, no entanto, as vítimas foram salvas graças o uso do cinto de segurança. Momentos após o acidente, equipes do Demutran, da Polícia Militar e do SAMU chegaram ao local. As vítimas, mãe e filha, sofreram lesões pelo corpo, no entanto, não houve fratura. Uma das vítimas se queixava com fortes dores na cabeça. Elas foram identificadas como Claudiany Maria Ramos Cavalcante, 40 anos, e sua mãe identificada como Maria Nazaré Ramos Pereira, 59 anos, ambas residentes em Fortaleza. Elas foram conduzidas para o HDMA onde ficaram em observação. Ainda de acordo com as informações mãe e filha vinham do Estado do Maranhão. 

"DÁ TEMPO SE CURAR E O RESULTADO NÃO SAI", RECLAMA JOVEM QUE AGUARDA RESULTADO DE TESTE DE CORONAVÍRUS


Paciente de 26 anos fez exame em 27 de março e segue aguardando resultado 

Após sentir fortes sintomas relacionados à Covid-19, o comerciante Helano de Freitas Braga Junior, 26, buscou um hospital na madrugada de 27 de março para fazer o teste e saber se estava com o novo coronavírus. 

“A enfermeira disse que o exame sairia em cinco dias, mas até agora nada. Dá tempo de pegar, se curar e o resultado não sai”, reclamou o jovem. Com a crescente demanda por exames, relatos de demora no recebimento também aumentam. 

“Como eu tenho asma, eu imaginei que tinha feito um teste mais rápido, mas acho que não foi”, diz Helano. Devido à falta de ar que sentia e de fazer parte do grupo de risco, o comerciante ficou ansioso por não receber o resultado. Ele deve ficar isolado em casa por mais uma semana, mesmo sem saber se foi infectado. “A gente fica naquela expectativa de tentar normalizar a vida. É ruim estar isolado, queria ficar com a minha família”, lamenta. 

Leia a matéria completa no G1Ce

APESAR DAS MEDIDAS DO GOVERNO, CEARÁ SEGUE NA 3ª POSIÇÃO NO PAÍS EM NÚMERO DE CASOS E MORTES POR CORONAVÍRUS



Gráfico mostra número de casos confirmados
Apesar de todas as medidas empreendidas pelo Govervo do Estado, o Ceará já registrou 21 mortes e é o terceiro estado com maior número de casos fatais, atrás de São Paulo, que contou 208, e Rio de Janeiro, que tem 41 fatalidades. De acordo com o Ministério da Saúde, o Ceará também ocupa a terceira posição no país em número de casos confirmados de coronavírus com 563 casos. Lamentavelmente nosso estado está à frente em números de casos e mortes de outros estados maiores e mais populosos do território nacional. 

Camocim Polícia 24h 

ESTATÍSTICAS POLICIAIS DE CAMOCIM E REGIÃO NO MÊS DE MARÇO - PARTE II

Homicídios, tentativas de homicídios, suicídios, prisões por homicídios, prisões por tentativas de homicídios e morte por afogamento. O blog Camocim Polícia 24h dispõe para seus leitores um levantamento sobre os números dessas  ocorrências acontecidas no mês de março na área de Camocim, Granja, Martinópole, Barroquinha e Chaval. Os dados foram coletados a partir dos próprios arquivos do blog em parceria com a Polícia Militar.
  • Homicídios ou lesões corporais seguidas de morte Nenhum caso;
  • Prisões por homicídios: Nenhuma prisão;
  • Tentativas de homicídios: Nenhum caso; 
  • Prisões por tentativas de homicídiosNenhum caso;  
  • Suicídios: 02 casos em Camocim;
  • Morte por afogamento: 01 caso em Camocim e 01 em Chaval.
Camocim Polícia 24h

"JÁ ESTAMOS AVALIANDO A PRORROGAÇÃO DO DECRETO PARA AS PESSOAS FICAREM EM CASA", DIZ CAMILO SANTANA


Decreto estadual proíbe o funcionamento de estabelecimentos não essenciais, como bares, restaurantes, igrejas, barracas de praia, entre outros.  

O governador do Ceará, Camilo Santana, disse na noite desta quinta-feira (2), que está avaliando a prorrogação do decreto estadual que proíbe o funcionamento de estabelecimentos não essenciais, como bares, igrejas, restaurantes, barracas de praia, shoppings, cinema, lanchonetes, entre outros. A medida tem o objetivo de impedir que a pandemia do novo coronavírus se espalhe pelo Estado. "Estamos avaliando a prorrogação desse decreto para as pessoas ficarem em casa. É uma travessia longa e precisamos estar todos unidos. Faremos isso com muita responsabilidade e com muito respeito aos cearenses", disse o governador através das redes sociais.  O decreto estadual foi publicado no dia 19 de março e já foi prorrogado uma vez até o próximo domingo (5).  O descumprimento das medidas prevê multa diária de até R$ 50 mil.  Medidas  O governador ainda disse que continua tomando diversas medidas na área da saúde, economia e do emprego para amenizar a crise ocasionada pelo novo coronavírus.