sexta-feira, 7 de agosto de 2020

BOLSONARO REPUDIA RACISTA E SE SOLIDARIZA COM ENTREGADOR: "DEUS OS ABENÇOE"


O presidente da república Jair Bolsonaro repudiou veementemente o ato de racismo contra um entregador em um condomínio em Valinhos (São Paulo) depois que um vídeo que mostra o motoboy de 19 anos sendo agredido verbalmente por um homem que mora no local se espalhou pelas redes sociais. Ele defendeu que a miscigenação é uma marca do país e pediu que indignação dos brasileiros sirva para que atos como esse não se repitam. 

“Independentemente das circunstâncias que levaram ao ocorrido, atitudes como esta devem ser totalmente repudiadas. A miscigenação é uma marca do Brasil. Ninguém é melhor do que ninguém por conta de sua cor, crença, classe social ou opção sexual”, escreveu o mandatário brasileiro.


“Que a indignação dos brasileiros sirva de lição para que atos como esse não se repitam. Todos somos iguais! Embora alguns trabalhem para nos dividir, somos um só povo! – Meus votos de solidariedade e sucesso ao entregador Matheus, bem como a toda sua família. Deus os abençoe!”, complementou o chefe brasileiro.

A gravação tem 1 minuto e 36 segundos e se tornou o assunto mais comentado do Twitter nesta sexta. As imagens foram postadas no perfil do Facebook da mãe do jovem agredido que, indignada, se disse interessada em “deixar famoso” o homem de camisa azul que “xingou e humilhou um trabalhador, se achando melhor que ele porque mora em um condomínio de luxo”. 

Fonte: O Globo

6 comentários:

Anônimo disse...

Oxi, e a esquerda não falava que Bolsonaro apoia o racismo?
Não sei é mais de nada, só sei que voto Bolsonaro 2022

Anônimo disse...

Mito mito mito esquerda fora bando de ratos maldito

Anônimo disse...

O PT só tem ratos quem vota no PT não passam de burros

Anônimo disse...

Burro e a pessoa que abrir a bouca pra chama os outros de burros vão trabalhar vc de camocim no tem o que vazer não estão vão procurar uma lavagem de roupa pra vc seus nojento 😡😡

Anônimo disse...

Esse.e.meu presidente Bolsonaro estou com o Sr Messias Bolsonaro

Anônimo disse...

Petistas ratazanas Bolsonaro até 2022 amém amém amém mito mito mito