sábado, 30 de março de 2019

SÁBADO COM OS AMIGOS NO FORTIM DO EVAN


MÃE ENCONTRA CAMISINHA NO ÂNUS DA FILHA E DESCOBRE QUE AVÔ A ESTUPRAVA

Um homem de 63 anos foi preso na noite do último domingo (24), após ser acusado de estuprar a própria neta, uma menina de apenas seis anos. O caso ocorreu em uma casa localizada no bairro de Petópolis, em Manaus.
Segundo a polícia, o crime foi descoberto pela mãe da criança que, no momento em que estava dando banho na menina, se deparou com um preservativo preso dentro do ânus dela. Sem entender o motivo do objeto estar no interior da garota, a mãe a questionou várias vezes. A menina contou que o avô tinha mantido relações com ela e que o crime não teria ocorrido apenas uma vez.
Revoltada com a situação, a filha do suspeito acionou a polícia e o entregou. O idoso foi preso e deve responder por estupro de vulnerável. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente. A vítima está recebendo acompanhamento médico e psicológico.
A mãe da menina ficou indignada com o ocorrido e relatou que nunca suspeitou do homem. Além disso, ela afirmou que a filha ficou diversas vezes na companhia do avô.

(Com informações do Portal do Holanda)

PM'S DO DESTACAMENTO DE CHAVAL PRENDEM DUPLA ACUSADA E ARROMBAR E TENTAR FURTAR LOJA

Uma dupla foi presa por policiais militares do destacamento de Chaval durante a madrugada de sexta-feira, 29, sob a acusação e arrombamento seguido de furto na cidade de Chaval. Era por volta de 01h da madrugada quando uma pessoa ligou para o 190 informando que dois indivíduos haviam arrombado a loja Decore Festa, localizada na Rua Monsenhor José Carneiro, Centro, e estariam furtando vários materiais.
Em uma ação rápida os pm’s foram até a dita loja e lá flagraram a dupla, sendo um no interior da loja e o outro por fora observando o movimento. De acordo com os informes repassados ao Camocim Polícia 24h, a dupla arrebentou os dois cadeados e entrou, porém devido a ação da polícia não deu tempo levar nada.  Os indivíduos foram identificados como Antonio Almeida Alves, 37 anos, vulgo Olho da Para, e Emerson Cardoso da Silva, 19 anos, vulgo Capanema.
Diante fatos a dupla foi conduzida para DPC em Chaval e autuada em flagrante por crime de furto, artigo 155 do CPB, sendo recolhidos para o presídio.

Efetuaram a prisão: Sgt Oliveira, Sgt R Cruz, Sds Ari e Erlan
Camocim Polícia 24h

PM'S DO DESTACAMENTO DE BARROQUINHA PRENDEM MAIS UM SOB A ACUSAÇÃO DE CONDUZIR MOTO ESTANDO EMBRIAGADO

As prisões por embriaguez ao volante têm aumentado consideravelmente em nossa região e o município de Barroquinha tem se destacado de forma negativa nesse tipo de delito, porém, a Polícia Militar está sempre em alerta, tanto é que durante o início da noite de quinta-feira, 28, mais uma pessoa foi presa acusada deste tipo de crime.
Era por volta das 18h10 quando os pm’s do destacamento de Barroquinha foram acionados para atender uma ocorrência de ameaças que teria acontecido na Rua 15 de Agosto, no Centro. No local os pm’s encontraram um adolescente de 14 anos o qual os informou que reside naquele endereço com sua avó e que seu padrasto teria chegado embriagado, armado com uma faca e teria lhe ameaçado de morte.
Os pm’s iniciaram as diligências e logo em seguida abordaram o suspeito já na saída da cidade. Ele estava conduzindo uma moto Honda Titan 125 de cor verde. Durante a abordagem foi constatado que o mesmo apresentava fortes sinais de embriaguez e não possuía CNH. O condutor foi identificado como Pedro Neto da Rocha, de 49 anos, e foi conduzido ao posto da PRE de Granja onde foi feito o teste do bafômetro que constatou a embriaguez, então o mesmo foi conduzido a DPC em Jijoca, onde foi apresentado ao delegado plantonista que diante dos fatos, resolveu por autua-lo em flagrante com base no artigo 306 e 309 do CTB (embriaguez ao volante e não possuir CNH). Quanto ás supostas ameaças sofrida pelo dito menor, o delegado ouviu o menor e ficou de apurar o caso. 

Efetuaram a prisão: Sgt Porto, Sgt Charles e Sd Reis
Camocim Polícia 24h

POLÍCIA PRENDE MÃE SUSPEITA DE AFOGAR FILHA DE 5 MESES NA PISCINA

Mulher alega que desmaiou enquanto brincava com filha na borda da piscina de casa, em Olaria, zona norte da cidade, mas perícia contraria versão

Uma mãe, de 40 anos, foi presa na última quinta-feira (28) suspeita de assassinar sua filha de 5 meses na piscina de casa, em Olaria, zona norte do Rio de Janeiro.
A suspeita mora com os pais e o bebê, mas estava sozinha em casa no momento do afogamento. Segundo a mãe, ela estava brincando com a filha na borda da piscina no momento em que desmaiou e deixou a criança cair na piscina.
Quando retomou a consciência, viu a filha morta dentro da piscina, afirma a mãe. Entretanto, segundo a delegada Cristiane Carvalho, responsável pelo caso, a perícia realizada no local não mostrou indícios de que a suspeita tenha desmaiado.

Piscina ficava na casa onde a família morava
“Ela não aparentava nenhuma lesão. Quem cai, quem sofre uma queda da própria altura em uma superfície com irregularidades como na borda da piscina teria que ter sofrido alguma lesão. E isso não aconteceu”, disse Cristiane.
Pessoas próximas à família disseram aos agentes da Polícia Civil que a suspeita já apresentava sinais de problemas psicológicos. Ela apresentou um laudo que atestava a necessidade de internação psicológica.
A delegada do caso pediu um novo exame para avaliar se a suspeita pode ter cometido o crime por sofrer algum transtorno.
A mãe foi enviada para o Instituto Phillippe Pinel, em Botafogo, zona sul da cidade, referência nos cuidados de pacientes com transtornos psiquiátricos. Ela será indiciada por homicídio qualificado, com pena de 30 anos.

Fonte: R7