sábado, 16 de março de 2019

SECRETÁRIO "LINHA DURA" LIBERA VISITA NOS PRESÍDIOS COM RÍGIDAS REGRAS QUE VÃO DA ROUPA AOS ALIMENTOS

Durante todo o mês de janeiro, Fortaleza foi palco de ataques diários de criminosos. Um dos principais alvo dos atentados foram ônibus do transporte coletivo da Capital

Após 80 dias sem visitas e a desativação de dezenas de cadeias públicas no interior, com a transferência de centenas de detentos, os internos do Sistema Penitenciário do Ceará voltarão a receber visitas de familiares. Entretanto, as novas regras impostas pelo secretário da Administração Penitenciária do estado, Luís Mauro Albuquerque, serão rígidas e disciplinadoras. As visitas haviam sido suspensas diante da onda de ataques e atentados provocados por facções criminosas em janeiro.
A volta das visitas será feita por etapas e já começa neste próximo fim de semana (dias 16 e 17). Entretanto, acontecerá em apenas uma das unidades do Sistema, o Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira Dois (IPPOO2), em Itaitinga. Ali, estão encarceradas dezenas de detentos oriundos das cadeias desativadas no interior. A maioria aguarda julgamento , portanto, são presos provisórios.

COOPITRACE COM ROTA PARA CAMOCIM, JIJOCA E PREÁ. AGORA TAMBÉM AOS DOMINGOS


Viagens durante toda semana de Camocim / Preá com passagem pela Jijoca e viagens de Preá / Camocim também passando pela Jijoca.
Para você que deseja viajar para Jijoca, Camocim ou Preá, a passeio ou para resolver seus negócios, a Coopitrace disponibilizou rotas para esses locais. Viagens durante toda a semana, inclusive aos sábados e domingos.
As Topics são climatizadas, muito conforto e com profissionais preparados para fazer seu transporte com rapidez e segurança. Também trazemos e levamos encomendas.
Para mais informações sobre o serviço, entre em contato com os números abaixo:  Whatsapp (88) 9 9623-5319 / (88) 9 9437-5632 / Whatsapp (88) 9 8839-78110 / (88) 9 9709-0594.


DESEMBARGADOR É CONDENADO POR EXTORSÃO NO CEARÁ


Magistrado também é suspeito de vender sentenças para soltar criminosos durante plantões no Tribunal de Justiça do Ceará.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) condenou o desembargador Carlos Rodrigues Feitosa, do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), pelo crime de concussão (ou seja, extorsão de funcionários). O magistrado também responde a ações penais em decorrência da Operação Expresso 150, que desarticulou um esquema de corrupção de venda de sentença para soltar criminosos nos plantões do Poder Judiciário.
O G1 procurou a defesa do réu, mas as ligações não foram atendidas até o momento.
O desembargador foi condenado com uma pena de três anos, dez meses e 20 dias de reclusão, em regime inicial semiaberto, na última quinta-feira (14). O magistrado é acusado de exigir vantagens para ao menos dois funcionários, seguidas vezes.
Carlos Feitosa pode perder o cargo público de desembargador de Tribunal de Justiça. O STJ também julga a medida. Na sessão de quinta-feira (14), dois ministros votaram a favor da perda do cargo, mas outro membro do Tribunal pediu vista regimental, e o julgamento foi adiado.
O TJCE paga R$ 43 mil mensais a Carlos Feitosa. Em agosto de 2017, já investigado na 'Expresso 150', o Tribunal de Justiça determinou o pagamento de R$ 102,8 mil de auxílio moradia ao desembargador. O magistrado chegou a ser afastado das funções, devido as investigações, mas hoje está aposentado.

Fonte: G1Ce

CONVITE MISSA - FRANCISCO GILSON LOPES DA COSTA


A família de Francisco Gilson Lopes da Costa convida parentes e amigos para a missa de um ano de seu falecimento a ser celebrada neste sábado, 16, às 18h, na Igreja Matriz de Camocim. A família agradece a todos pelo ato de fé e solidariedade cristã.

"Aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós. Existe em cada um de nós a recordação de tudo o que nos foi permitido viver ao seu lado. A sua presença continuará no meio de nós e nem o tempo fará esquecer você. Saudades eternas de sua família, parentes e amigos."