sexta-feira, 1 de novembro de 2019

SUSPEITO DE MATAR MÃE E FILHA É PRESO PELA POLÍCIA CIVIL

A Polícia Civil prendeu, na terça-feira (29), o suspeito das mortes de mãe e filha, que tiveram os corpos encontrados, no domingo (27), no bairro Sapiranga. O suspeito do crime, pai da criança, confessou os homicídios e foi autuado em flagrante na sede do DHPP. 
Segundo a polícia, o pai da criança identificado como Robert da Silva Pereira (25), sem antecedentes criminais, foi até a delegacia, com familiares, em busca de informações sobre a morte da criança. Um fato chamou a atenção da equipe de investigadores: o pai da criança demonstrava um comportamento frio e distante. Ao ser interrogado, o suspeito estranhou a forma como noticiaram que o corpo da filha foi encontrado – dentro de um saco – fato que, após indagações da delegada, fez com que o mesmo admitisse o crime. 

Durante as diligências, Robert confessou que matou Luana dos Anjos Sampaio (23), e, logo em seguida, matou a sua filha, Maria Louise dos Anjos Sampaio, com 7 meses. Ao ser questionado sobre o motivo dos homicídios, ele relatou que queria dá um fim no relacionamento com Luana, pois, segundo sua versão, ela não aceitava o término e insistia em manter a relação. Ainda de acordo com a versão do homem, ele matou a filha porque não teria como justificar a presença da criança na posse dele. Ele afirmou que seria questionado onde estaria a mãe da menina. Disse ainda que nunca quis ser pai da criança ou manter relacionamento com Luana. 
Os corpos foram encontrados em uma distância relativamente pequena entre eles, cerca de 500 metros. "Isso nos alertou que poderíamos estar com dois casos, aparentemente distintos, que seriam ligados. Ao aprofundar as investigações, tivemos a triste constatação que se tratavam de mãe e filha”, revelou o delegado. 

SSPDS

4 comentários:

Anônimo disse...

Na cadeia ele pega o dele! desgraçado

Anônimo disse...

Monstro não merece viver,merece morrer

Anônimo disse...

Isso é um lixo, onde esta o amor nessa humanidade ??? Cada vez mais extinto... 😔

Anônimo disse...

Vai morrer safado miserável