sexta-feira, 22 de novembro de 2019

PAI ENTREGA FILHO À POLÍCIA APÓS DESCOBRIR QUE ELE MATOU IDOSO


Criminoso está foragido e também é suspeito de outro homicídio. 

A Polícia Militar de São Paulo revelou, nesta quinta-feira (21), que um pai deu parte do próprio filho ao saber que ele cometeu um homicídio. O jovem Wesley Eduardo de Oliveira, de 29 anos, é suspeito de ter matado um idoso na cidade de Ilha Comprida, litoral paulista, no dia 13 de novembro. 
O pai ainda entregou fotos e informações que possam ajudar a Polícia Civil a encontrar o suspeito. Wesley está foragido desde o dia do crime. Ele também é suspeito de outro homicídio, no qual o corpo da vítima foi carbonizado. 
O pai do suspeito também enviou uma mensagem à família da vítima pedindo perdão pelo filho. 
– Não é justo uma pessoa trabalhar a vida inteira e agora, na aposentadoria, que era para ele curtir, alguém tirar a vida dele para roubá-lo. Eu peço perdão, da minha parte, pelo o que meu filho fez, mas eu quero que a Justiça seja feita. Isso não é justificável. É uma barbaridade – afirmou.  
O crime  
No dia 13 de novembro, a filha do ajudante de pedreiro Moises Ribeiro da Silva, de 68 anos, recebeu uma ligação do celular do pai. O homem que falou cm ela se apresentou como Douglas e disse que estava cuidando da casa do idoso, que tinha ido viajar. 
A família estranhou a história e acionou a polícia, que encontrou o corpo do senhor enterrado em seu quintal. A suspeita dos investigadores é de que Wesley e outros criminosos tenham invadido a casa do ajudante de pedreiro para roubar e o mataram.  
Via Pleno News

Nenhum comentário: