quinta-feira, 14 de novembro de 2019

CORONEL DA PM E NAMORADA SÃO DENUNCIADOS SOB ACUSAÇÃO DE CRIME DE ESTUPRO


Conforme a investigação, os crimes teriam se iniciado em 2014, quando a vítima tinha apenas 6 anos. Primeira audiência de instrução do caso já está marcada. Defesas dos réus alegam que mãe da criança inventou a história 

Um coronel da Polícia Militar do Ceará e a namorada dele são réus pelo crime de estupro de vulnerável, cometido contra uma criança de 11 anos, que convivia com o casal. Em decisão proferida no dia 1º de novembro último, a 12ª Vara Criminal da Comarca de Fortaleza ratificou o recebimento da denúncia do Ministério Público do Ceará (MPCE) e marcou a primeira audiência de instrução do processo para o dia 23 de março de 2020. A ação penal corre sob sigilo de Justiça. 
Conforme documentos obtidos pelo Sistema Verdes Mares, a investigação desenvolvida pela Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa), da Polícia Civil, aponta que os estupros teriam se iniciado em 2014, quando a menina tinha apenas 6 anos. Mas o crime foi denunciado pela mãe da vítima, através de Boletim de Ocorrência (B.O.), somente no dia 10 de maio deste ano. 
De acordo com o B.O., a criança revelou à família ter sofrido abuso sexual após assistir a um vídeo educativo na escola. A menina contou detalhes dos atos obscenos, cometidos pela parente e pelo namorado dela, que muitas vezes eram acompanhados de filmes pornográficos na televisão. Segundo o relato feito aos investigadores, a vítima apresentou tumores e manchas brancas nos órgãos genitais, meses antes da denúncia... Leia a    ma téria completa no Diário do Nordeste.

Nenhum comentário: