sábado, 12 de outubro de 2019

POLÍCIA MILITAR LOCALIZA PROPRIEDADE SUBTERRÂNEA E ACAMPAMENTO UTILIZADOS PARA A FABRICAÇÃO DE DROGAS


Uma propriedade subterrânea foi encontrada pela Polícia Militar do Ceará após informações sobre a fabricação de drogas em uma comunidade do bairro Prefeito José Walter. No local, foram encontrados coletes balísticos, substâncias utilizadas na preparação de entorpecentes e um controle de drone. Cães farejadores foram utilizados na ação, com o objetivo de identificar se havia ilícitos enterrados. 
O terreno encontrado pela Polícia Militar está situado na Comunidade da Mana, na Rua Jonas Sampaio. Após receberem denúncias, os policiais militares diligenciaram até o local, onde entraram num matagal. Quando realizavam a incursão, os PMs avistaram pessoas em atitude suspeita, que, ao perceberem a aproximação dos agentes, efetuaram disparos de arma de fogo contra a composição, que revidou. Diante da reação dos militares, o grupo, com cerca de sete homens, fugiu deixando todos os vestígios para trás. 
No terreno foi encontrada uma edificação construída debaixo da terra, composta por dois cômodos. Para acessar o local, os policiais militares entraram por uma estreita vala, por onde é possível visualizar as entradas do imóvel subterrâneo. Na área próxima a casa, a PMCE encontrou uma tenda com dois coletes balísticos, uma capa tática, colchões, ventiladores, energia elétrica, internet, uma TV e um controle de drone. 
Além disso, materiais utilizados no tráfico de drogas foram apreendidos: embalagens plásticas contendo fermento em pó e bicarbonato de sódio, substâncias usadas para aumentar a quantidade do entorpecente fabricado; uma balança de precisão e sacos utilizados para embalar drogas. A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também foi acionada para auxiliar nos trabalhos policiais, coletando evidências para perícia. Todo o material foi encaminhado ao 8° Distrito Policial (DP), onde o caso foi registrado. Diligências seguem em curso na região, com o intuito de identificar os envolvidos na atividade ilícita. 
 SSPDS

Nenhum comentário: