sexta-feira, 6 de setembro de 2019

POLÍCIA CIVIL CUMPRE MANDADO DE PRISÃO CONTRA SUSPEITO DE ESTUPRAR A PRÓPRIA FILHA EM CAMOCIM

Um homem identificado como Carlos de Paulo de Oliveira, mais conhecido como "Cação", 30 anos, foi preso nesta sexta-feira (6), pela Polícia Civil no bairro Praia, em Camocim. Ele é suspeito de cometer estupro contra a própria filha, uma criança de 13 anos. O caso repercutiu em todo o Estado do Ceará e foi registrado na Delegacia Regional de Camocim, onde foi instaurado inquérito policial referente ao ocorrido.

Suspeito fugiu

No último domingo, 1º de setembro, a Políica Militar tomou conhecimento que duas menores, uma de 17 e outra de 13 anos, estavam em um hospital do município e que a mais jovem fora vítima de estupro praticado pelo próprio pai naquela noite, um indivíduo conhecido como "Cação". De posse das informações iniciais, uma equipe de militares do P.O.G foram até a unidade de saúde e localizaram as duas jovens. Elas foram levadas à delegacia, acompanhadas de parentes, onde todos prestaram depoimento sobre o ocorrido. 
Segundo o que foi informado, o crime aconteceu no momento em que a adolescente, enteada do suspeito, foi ao hospital para visitar a sua mãe. A garota de 13 anos estava em casa com o pai, tempo esse que foi realizado o abuso. Ao perceber a chegada de pessoas no imóvel, o agressor fugiu. Após o procedimento na delegacia, a vítima foi encaminhada para exames médicos. Relembre AQUI.

Pm's do Raio capturam acusado

O indivíduo foi preso por volta das 14h30 da terça-feira, dia 03, após uma denúncia anônima enviada ao Whatsap dos pm's do Raio (9 9351 2054). A prisão ocorreu na residência de uma tia do acusado localizada na Travessa General Sampaio, bairro Praia. A princípio a tia do acusado tentou negar. Ao perceber a presença dos pm's o indivíduo tentou fugir, no entanto, o local foi cercado e ele acabou sendo preso. Em seu depoimento o indivíduo negou as acusações e teria dito que ali era uma armação. Ele foi conduzido para a DPC de Camocim e após seu depoimento ele foi liberado, pois o delegado plantonista entendeu que havia passado o estado de flagrante e que ainda não havia elementos para mantê-lo preso. Reveja o caso AQUI.

Prisão preventiva

A equipe da Polícia Civil de Camocim, que tem como titular o Dr. Herbert Ponte, coletou maiores informações sobre o caso, inclusive ouviu mais testemunhas, e a partir do que foi apurado, foi solicitado mandado de prisão preventiva para o agressor, pedido que foi atendido pelo Poder Judiciário local. Já durante a manhã desta sexta-feira, 06, os policiais civis saíram em diligência e prenderam o suspeito em um imóvel situado na Rua General Sampaio. Ele foi levado para a Delegacia Regional de Camocim, onde foi autuado por estupro de vulnerável e após todos os procedimentos foi colocado à disposição da Justiça.

Camocim Polícia 24h

Um comentário:

Anônimo disse...

Pensava q estava livre por isso nem foi se esconder tava d boa,agora a primeira vez o bicho virou fumaça