sábado, 28 de setembro de 2019

NÚMERO DE BANDIDOS CAPTURADOS POR ATOS CRIMINOSOS NO CEARA AUMENTA PARA 125


Até o fim da tarde desta sexta-feira (27), 125 pessoas foram capturadas por participação nos atos criminosos registrados no Ceará, desde sábado (21). Desse número, 93 são maiores de idade e 32 são adolescentes, de acordo com balanço contabilizado pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Só na manhã de hoje, durante a “Operação Contra-Ataque”, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) cumpriu 48 mandados – sendo 38 de prisão, seis de apreensão de adolescente infrator e quatro de busca e apreensão -, além da prisão em flagrante de um homem por posse ilegal de arma de fogo.
A ofensiva ocorreu em diversos bairros da Capital cearense, logo nas primeiras horas do dia, com o objetivo de combater a atuação de uma organização criminosa autora dos incêndios contra veículos e estruturas públicas. Os alvos eram investigados ainda por homicídios e outros crimes. Foram empregados 120 policiais civis em 30 viaturas. Os trabalhos policiais foram acompanhados pelo secretário da SSPDS, André Costa; e pelo delegado geral adjunto da Polícia Civil, Sérgio Pereira.
Além da operação, em todo o território cearense, as forças de segurança seguem mobilizadas com o intuito de evitar novos delitos, por meio de um trabalho capitaneado pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e suas vinculadas – Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros Militar e Perícia Forense do Estado do Ceará.

Já a Polícia Militar do Ceará deflagrará às 18 horas desta sexta-feira (27), ações de presença nas ruas, como parte da Operação Contra-Ataque, que contará com a participação de policiais militares do Policiamento Ostensivo Geral (POG), do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), do Comando de Policiamento de Choque (CPChoque), Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE), Batalhão de Policiamento Ambiental (BPMA), Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur) e Regimento de Polícia Montada (RPMont).

A referida Operação faz parte da estratégia da Segurança Pública do estado, de forma preventiva – com uma presença mais incisiva de policiais militares nas ruas – e ostensiva – com a intensificação das abordagens – com o intuito de reforçar o combate à criminalidade.

Até o fim da tarde desta sexta-feira, foram registradas 94 ocorrências consumadas.

SSPDS

3 comentários:

Anônimo disse...

Se tivesse metido um chumbo de 12 cm na cabeça desse vermes isso não teria se repetido, aí a população de bem vem pagando a conta, vagabundo nesse país não era pra criar não, nasceu! Matou, pronto, quero ver gente virar bandido nesse país.

Anônimo disse...

concordo com seu comentario amigo so existe bandido pq tem quem os protejam justiça familia advogados ETC.

Anônimo disse...

Capturados e apenas detidos e não presos, daqui alguns dias estão todos nas ruas novamente planejando os próximos ataques.