sexta-feira, 12 de julho de 2019

POLICIAIS MILITARES DA FORÇA TÁTICA DE CRATEÚS RENDEM "ZÉ DO VALÉRIO", ACUSADO DE ESTUPRAR E MATAR UNIVERSITÁRIA

O vaqueiro José Pereira da Costa, conhecido como 'Zé do Valério' foi preso na manhã desta sexta-feira (12), por policiais militares da Força Tática de Crateús na cidade de Buriti dos Montes, na localidade de Jatobá Medonho. Policiais militares da força Tática e Serviço reservado na região de Crateús efetuaram a prisão após uma denúncia anônima.
Ele estava escondido em uma região de mata. Valério é suspeito de estuprar e matar a universitária Danielle de Oliveira Silva, morta em 25 de abril, em Pedra Branca, na região do Sertão Central.  
A universitária Danielle Oliveira, de 20 anos, foi encontrada em um sítio vizinho ao da sua família, na localidade de São Gonçalo, despida e com ferimento no olho esquerdo, em 25 de abril. Ela desapareceu na noite do dia 24. O suspeito havia trabalhado no sítio da família, onde a universitária estava antes de sumir, prestando serviços como vaqueiro e amansando animais. José Pereira da Costa tem prisão decretada pelo crime.


Ainda segundo a polícia, Zé do Valério sobrevivia em mata por meio de caça. Durante a perseguição, em 21 de junho, ele chegou a trocar tiro com os policiais e fugiu. Os agentes de segurança apreenderam panelas e o material que ele usava para preparar comida.



Camocim Polícia 24h

5 comentários:

Unknown disse...

Esse cabravelho tem que mofar na cadeia.

cidadão disse...

GLORIOSA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO CEARÁ, A SERVIÇO D POPULAÇÃO DE BEM. PARA OS BANDIDOS É SOLA E CHUMBO GROSSO. SOCIEDADE DE BEM SABE QUE PODE CONTAR COM A GLORIOSA PMCE

cidadão disse...

GLORIOSA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO CEARÁ, A SERVIÇO D POPULAÇÃO DE BEM. PARA OS BANDIDOS É SOLA E CHUMBO GROSSO. SOCIEDADE DE BEM SABE QUE PODE CONTAR COM A GLORIOSA PMCE

cidadão disse...

GLORIOSA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO CEARÁ, A SERVIÇO D POPULAÇÃO DE BEM. PARA OS BANDIDOS É SOLA E CHUMBO GROSSO. SOCIEDADE DE BEM SABE QUE PODE CONTAR COM A GLORIOSA PMCE

. disse...

Não vamos esquecer do cidadão que garantiu a prisão. Do acusado,
Na minha opinião merece ser condecorado