segunda-feira, 15 de julho de 2019

PM'S DO RAIO DE CAMOCIM PRENDEM CASAL ACUSADO DE TRAFICAR NO BAIRRO DOS COQUEIROS


Durante o início da noite de sábado, 13, policiais militares da Viatura Raio 055 efetuaram a prisão de um casal acusado de traficar no bairro dos Coqueiros. De acordo com a polícia já havia várias denúncias dando conta que João Carlos Aparecido Monte, 20 anos, e sua companheira Geiciane Maria do Nascimento, 22 anos, mantinham uma boca-de-fumo no referido bairro.
De acordo com as informações chegadas ao Camocim polícia 24h, os militares patrulhavam pelo bairro quando abordaram o acusado próximo a uma creche. Com ele nada foi encontrado e até teria autorizado aos policiais a entrar e verificar em sua residência. Os pm's foram até o local e lá se encontrava sua companheira. Após uma vistoria na casa foram encontradas cocaína, crack, balança de precisão, dinheiro, aparelhos celulares, lâminas de aço, sacos de dindins, etc. Diante do ocorrido os pm's deram voz de prisão ao casal e o conduziram para a DPC de Camocim, local onde a delegada plantonista autuou homem  mulher sob a acusação  tráfico rogas.

Camocim Polícia 24h

10 comentários:

Anônimo disse...

uma hora esse lixos para que eles não são doidos kkkkkkk a policia ta botamdo e no cu desses almas cebosas kkkkkkkkk e isso ai heroes mostrem pra que existe a policia

Unknown disse...

O bagulho tá manitorado

Anônimo disse...

Manitorado kkkkkk ou é os cabueta alma sebosa que tem ligando pros homens kkkk

Anônimo disse...

Oh amigo pq vc caiu nesa daí trabalhar é melhor é pouco mais é digno 😥😥

Anônimo disse...

alma sebosa e vcs lixos malditos o cidadao tem que ligar mesmo pros heroes botar no cu desses sacos de bosta vendedor de drogas

Anônimo disse...

Um dia pode ser vcs la naquele inferno num instante vcs para de desejar o mal para os outros

Unknown disse...

Trabalhar ninguém não quer né....

Anônimo disse...

Vc vai sair logo logo fé em Deus guerreiro!!!!!

Anônimo disse...

GUERREIRO DO CÃO, SÓ SE FOR KKKKKKKKKKKKKKKKKK

Anônimo disse...

Do cao e tu maldito