quinta-feira, 4 de abril de 2019

11 BANDIDOS MORREM EM CONFRONTO COM PMS DA ROTA EM SÃO PAULO. BOLSONARO PARABENIZA A AÇÃO BEM SUCEDIDA


Uma tentativa de roubo a dois bancos terminou com tiroteio em Guararema, cidade paulista a cerca de 80 quilômetros da capital, na madrugada desta quinta-feira (4). De acordo com a Polícia Militar, eram ao menos 25 criminosos e 11 deles morreram.
Até a última atualização desta reportagem, dois suspeito haviam sido preso e as buscas por mais criminosos continuava.
Uma família foi feita refém durante a fuga de um dos assaltantes, mas não se feriu. O criminoso que manteve os reféns morreu ao ser baleado.
Até a última atualização desta reportagem, não estava confirmado se, de fato, o dinheiro foi levado dos bancos. Em nota, o Santander citou "tentativa de furto". O Banco do Brasil informou ter tido a agência "vandalizada" e que analisa os danos ao prédio. Os bancos informaram colaborar com as investigações e que as duas agências não abrirão nos próximos dias.
Foram apreendidos com a quadrilha dez fuzis, quatro pistolas, duas espingardas calibre 12, dois revólveres, coletes à prova de balas e oito emulsões de explosivos e espoletas que acionam os explosivos.
“Não conseguimos, ainda, apurar toda a munição que existe, tendo em vista que o local está sendo preservado. Não podemos mexer nos locais”, disse Silva nesta manhã.

3 comentários:

Lucas Jardell disse...

Contado por historiadores de esquerda no futuro:. 11 Revolucionários pela luta armada contra o capitalismo e as grandes empresas são brutalmente assassinados pela polícia opressora na ditadura de Bolsonaro em 2019.

Anônimo disse...

Parabéns guerreiros! quem ñ quiser morrer em confronto com a gloriosa PM, não assalte e nem Roube!

Anônimo disse...

É exatamente isso,
Assim como fizeram com a intervenção militar de 1964
E tem muito jovens burros que não procura conhecimento e acabam virando massa de manobra da esquerda, e ainda acham que o Sr lula e Dilma são uns santos.