sábado, 22 de setembro de 2018

PRESO É ARRASTADO DE CELA E ESPANCADO ATÉ A MORTE NA CADEIA PÚBLICA DE TIANGUÁ

Alesxandro, 34, ainda foi levado para o hospital, mas não resistiu. Ele respondia por crimes de furto

Subiu para 41 o número de detentos mortos no Sistema Penitenciário do Ceará em 2018. O caso mais recente ocorreu na manhã desta quinta-feira (20), quando um preso recolhido na Cadeia Pública de Tianguá, Município localizado na Região da Serra da Ibiapaba (a 314Km de Fortaleza), foi espancado até a morte por outros presidiários.
O fato ocorreu no momento em que as celas foram abertas para o banho de sol. O homem, identificado como Alexsandro Gomes Ferreira, 34 anos, que era acusado de praticar furtos, foi arrastado do pátio por da cadeia cerca de 10 presos e levado para uma cela, onde passou a ser agredido a chutes, socos e pauladas.
Ao perceberem as agressões, agentes penitenciários pediram o apoio da Polícia Militar e entraram no local, resgatando a vítima em estado gravíssimo. Alexsandro ainda foi levado para o Hospital regional de Tianguá, mas os médicos constataram que ele já estava sem vida. Sofreu lesões graves, com suspeita de traumatismo cranioencefálico.
O corpo do detento foi encaminhado ao Núcleo da Perícia Forense da cidade de Sobral para ser examinado pelos legistas. A Delegacia Regional de Polícia Civil de Tianguá vai instaurar inquérito. A Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus) não se manifestou sobre o fato.

Fonte: Fernando Ribeiro