VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sábado, 4 de agosto de 2018

POLÍCIA MILITAR PRENDE ATIRADOR ESPORTIVO EXIBINDO ARMA

O homem foi capturado após a polícia ter sido informada que ele estava ostentando uma pistola calibre 380 de maneira indevida. O homem foi autuado por porte ilegal de arma, pois estava ostentando a pistola na rua. O Exército Brasileiro esclarece que os atiradores esportivos só podem portar o material quando estiverem se deslocando de casa para um centro de treinamento/competições ou vice-versa.

Um atirador esportivo foi preso, na madrugada da última sexta-feira (3), no bairro Dionísio Torres, após ostentar uma pistola e ser flagrado portando ilegalmente a arma de fogo.
De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), após receberem uma denúncia anônima informando que que um homem estava armado e ostentando uma pistola calibre 380, os policiais foram até o local indicado e realizaram a abordagem ao homem.
Na ofensiva, o suspeito informou aos militares que era praticante de tiro esportivo, apresentando o registro do armamento. Contudo, a SSPDS declarou, por meio de nota, que ele não tinha permissão para estar com a arma.
Ainda na abordagem, a pistola foi apreendida e o atirador esportivo foi conduzido para o 2º DP (Aldeota), onde foi autuado por porte ilegal de arma de fogo.

Outras prisões

Esse é o quarto caso de prisão de atiradores esportivos neste ano. Durante o primeiro semestre, três deles foram capturados em rodovias federais no Estado do Ceará. Um empresário foi detido no dia 10 de maio, na BR-020, em Pedra Branca. Ele realizava uma viagem a negócios e também não podia transportar a pistola calibre 380.
Um vereador de um município cearense também recebeu voz de prisão por transportar uma pistola calibre 380, na BR-116, em Itaitinga, no dia 14 de maio deste ano.
A penúltima captura aconteceu em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Conforme informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF), em uma abordagem realizada em um veículo Toyota, modelo Hillux, foram encontradas uma pistola calibre 380 e 17 munições. Após afirmar que não estava armado, o suspeito revelou que estava vindo de Sobral à Fortaleza para resolver assuntos pessoais.
Em nota, a PRF esclareceu que apesar de os documentos estarem regularizados, o atirador esportivo não pode transportar a arma de fogo, a não ser que esteja se deslocando do imóvel em que reside para um centro de treinamento/competições, conforme as regras do Exército Brasileiro (EB). 
 
Fonte: DN

6 comentários:

Anônimo disse...

pelo trabalho da policia, bem quero comunicar ao blog Camocim 24 horas que na cidade de Camocim temos varios praticantes desse esporte ou seja atiradores esportista so que eles todos andam armados e todos aqui de camocim sabe quem e cada um vai desde de empresarios e ate comerciantes muitas vezes portandos nos seus veiculos , seria bom que na cidade de camocim comecasse a coibir esse tipo de atitudes. obg por divulgar minha nota.

Anônimo disse...

Amigo, você sabe ler? Parece que não ou não entendeu a postagem acima, nós podemos nos deslocar de casa para o local de treino, e acho meio que equivocado por parte das autoridade proibir essas pessoas de transitar com esse tipo de arma(pressão) ou similar (paintball), concordo com a ação da polícia com relação acertos tipos de pessoas que se mostram com esse armamento que muitas das vezes pode até por a vida do mesmo em risco,e os armamentos que é de uso restrito pelo exército São armas do calibre 6.00mm pra cima, para poder portar essas armas precisa de uma autorização do exercito, o uso dessas armas esportivas com calibre 5.5mm pra baixo não impata de nada o proprietário transitar desde que esteja portando seu documento( nota fiscal)!

Anônimo disse...

Se nós pegarmos não vamos dispensar, pode ser até fi do papa, vai ser preso e responder.

Anônimo disse...

De acordo com a Portaria n. 36-DMB, de 09 de Dezembro de 1.999 (norma que regula o comércio de armas e munições aprovada pelo Ministério da Defesa e Exército Brasileiro) armas de pressão por ação de mola, com calibre igual ou inferior a 6 mm., não são armas de fogo. Portanto - Não necessitam de registro para sua aquisição, porém sua venda só é permitida à maiores de 18 anos com a devida comprovação: - Não necessitam de guia de tráfego para transporte e deslocamento.

Anônimo disse...

E o papa agora tem filho? ? Estranho nao sabia

Anônimo disse...

Respeitamos as leis! Passar bem amigão.