VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

quarta-feira, 30 de maio de 2018

CIDADE DE SOBRAL REGISTROU QUATRO HOMICÍDIOS EM TRÊS DIAS

Vítimas da violência em Sobral
Apesar de ter reduzido em números satisfatórios o número de homicídios em relação a 2017, o município de Sobral registrou quatro homicídios em apenas três dias, um no sábado 26, dois no domingo 27 e um na segunda 28. Confira:

O 1º homicídio aconteceu na madrugada de sábado, dia 26, na rua Coronel Albuquerque, bairro Santa Casa (em frente ao Hemoce). A vítima foi o jovem identificado por Ítalo Torres Mesquita, 27 anos. De acordo com as informações, a vítima estava sentada na calçada de sua residência, quando passou dois elementos numa motocicleta e perguntou se o jovem era de facção, a vítima respondeu que não fazia parte, então o atirador saiu e retornou atirando. Ítalo foi socorrido para o hospital Santa Casa, porém não resistiu aos ferimentos e morreu em um dos leitos do hospital Santa Casa.

O 2º crime aconteceu durante a manhã de domingo, 27, ocasião em que um jovem de 17 anos foi executado a bala no residencial Nova Caiçara. A vítima foi identificada como Pedro do Nascimento de Maria, conhecido por "Pedrinho", era pescador e residia na Rua Bela Vista 2, bairro Terrenos Novos.
O 3º homicídio aconteceu por volta das 21h30 de domingo 27. O crime bárbaro foi registrado no bairro Terrenos Novos quando um homem identificado como "Felipe" foi assassinado a pedradas. A vítima residia no bairro Nova Caiçara.

O 4º crime foi registrado na manhã de segunda-feira, dia 28, na rua 02 no bairro Dom José. A vítima foi identificada por Jefferson Aquino de Paiva, conhecida por ''Jefinho". Jefferson foi assassinado por bandidos quando a vítima estava no restaurante do seu pai, que fica localizado por trás do posto São Pedro, na avenida Senador José Ermírio de Moraes.

Com informações do Sobral 24hs

Um comentário:

Anônimo disse...

é a solução não é a policia e sim as leis q beneficiam os criminosos,pq lá nem raio nem trovão dar jeito