VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

quinta-feira, 22 de junho de 2017

CAMOCIM-CE: INDIVÍDUO PRESO DURANTE ASSALTO A CORRETOR DE IMÓVEIS DEU NOME FALSO E É FORAGIDO DA CADEIA DE ACARAÚ

Ítalo Quintino, latrocida
Um dos quatro elementos preso pela PM e envolvido no assalto ao corretor de imóveis Edu Albuquerque durante o início da tarde de ontem 21, mentiu para a polícia e forneceu um nome falso.
Ao ser preso conduzindo o veículo Fiat Pálio cinza escuro dando apoio ao restante da quadrilha, o indivíduo confessou que fazia parte do bando e foi conduzido junto com outros três indivíduos para a DPC. Para o delegado Dr Herbert Ponte o elemento se identificou como Gleyson Bezerra Vieira, 26 anos, natural e residente e m Fortaleza. Após troca de informações entre as polícias de Camocim e de Acaraú, descobriu-se que esse elemento forneceu um nome falso, na realidade ele se chama Ítalo Quintino Clemente, 22 anos, natural de Fortaleza e foragido da cadeia pública de Acaraú, local onde cumpria pena por latrocínio a um comerciante de Itarema. Relembre o caso AQUI.
Já na tarde de hoje, uma equipe da Polícia Civil conduziu o elemento da cadeia pública para a DPC, local onde foi autuado por falsidade ideológica, artigo 299 do CPB. Vale ressaltar que o elemento já havia sido autuado no artigo 157 (roubo qualificado) e 188 do CPB (associação criminosa) no caso do assalto ao empresário. O indivíduo continua recolhido à cadeia pública de Camocim.

Camocim Polícia 24h

4 comentários:

Anônimo disse...

Faz até medo de esses meliantes fugir

Anônimo disse...

com certeza a cadeia de camocim não tem estrutura de segurar esses presos aqui,eles teriam que irem para um presidio onde tenha mais segurança

Anônimo disse...

Dá medo pq o cidadão não pode andar armado pra se defender, pois as leis do Brasil são de AC. Duvido algum cidadão ter medo de um bandido desse tendo a chance de reagir

Anônimo disse...

Procure conhecer Jair Bolsonaro. Ele vai se candidatar a presidente e vai nos devolver o direito de portaria armas de fogo.