VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

terça-feira, 15 de novembro de 2016

SARGENTO DA PM BALEADO EM SOBRAL NÃO RESISTE E MORRE NA SANTA CASA

Número de agentes de segurança assassinados no Estado chega a 27 no ano

O sargento da Polícia Militar George de Sousa e Silva, 40, morreu, na tarde desta terça-feira (15), na Santa Casa de Misericórdia de Sobral, onde estava internado desde a madrugada, após sofrer um atentado e ser baleado.
George Silva estava na Casa do Abergado de Sobral, onde era lotado, quando dois homens chegaram a pé ao prédio e efetuaram vários tiros, por volta de meia-noite. O sargento foi atingido no tórax, no fêmur e no punho. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e conduzido à Santa Casa.
Na unidade de saúde, George sofreu três paradas cardíacas e passou por várias cirurgias durante a madrugada e a manhã, em estado gravíssimo. Às 15h, o PM não resistiu aos ferimentos decorrentes de um projétil de arma de fogo que transfixou vários órgãos e às paradas cardíacas e faleceu, de acordo com nota divulgada pela assessoria de imprensa da Santa Casa de Misericórdia de Sobral.

Número de agentes de segurança mortos no CE chega a 27

O caso desta aumenta a lista de policiais vítimas de homicídio no Ceará neste ano de 2015. De janeiro até hoje, 27 agentes de segurança já foram assassinados, o que supera os 15 registros do ano passado. Na maioria dos casos, os policiais estavam de folga e à paisana quando acabaram assassinados por criminosos.
Além da 27ª ocorrência no ano, esta é a segunda morte de agente de segurança apenas nesta terça-feira (15). Por volta de 10h30, um delegado da Polícia Civil foi baleado e morto em um assalto no bairro Maraponga, em Fortaleza.

Fonte: DN

MATANÇA!!! DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL É MORTO DURANTE TENTATIVA DE ASSALTO EM FORTALEZA

Crime ocorreu na Rua Noruega, no Bairro Maraponga. Esse é o 26º policial assassinado neste ano no Ceará.

O delegado Audísio Delta de 43 anos foi assassinado na manhã desta terça-feira (15), durante uma tentativa de assalto no Bairro Maraponga, em Fortaleza. Segundo o comandante de Policiamento da Capital, coronel Francisco Souto, o delegado que trabalhava na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) estava acompanhado por familiares, na Rua Noruega, quando foi abordado por um casal em uma moto.
A polícia apurou com testemunhas que o policial não esboçou nenhuma reação. Uma pessoa que estava ao lado do policial fugiu e a dupla efetuou vários tiros. O delegado foi atingido e morreu no local. Equipes do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), Comando Tático Motorizado (Cotam) realizam buscas com objetivo de prender os suspeitos.

Esse é o 26º policial morto neste ano no Ceará, segundo levantamento feito pelo G1 com base em ocorrências e registros de associações e sindicatos dos agentes de segurança pública do estado. Na semana passada, foram três assassinatos registrados.

Fonte: G1Ce

"III LOUVORZÃO"!!! VENHA VOCÊ TAMBÉM LOUVAR A DEUS!!!


Muito Louvor e Adoração

A Igreja Batista Vida Nova convida a todos os camocinenses para participar deste grande evento, o “III Louvorzão” da Igreja Batista Vida Nova.
O evento teve início no sábado, 12, às 14h00 com a evangelização em todo o bairro do cruzeiro e a noite com o culto dos jovens realizado às 19h30. O encerramento do evento acontecerá na terça-feira, 15, a partir das 19h00 com o “III Louvorzão”.
Queremos agradecer aos patrocinadores do evento: Jamile Confecções, Mercantil Manancial, Ótica Arcanjo, e Galetos Grill.




EM SOBRAL, POLICIAL MILITAR É BALEADO DURANTE O SERVIÇO

Sargento estava de serviço quando foi surpreendido por dois homens. O policial foi atingido por três disparos.

Um policial militar foi baleado na noite desta segunda-feira (14), em Sobral, a 245 km de Fortaleza. De acordo com a Polícia Militar, o sargento estava de serviço quando foi surpreendido por dois homens armados em uma moto. Um dos suspeitos desceu da motocicleta e efetuou vários tiros contra o policial.
Ainda segundo a polícia, o sargento foi atingido por três disparos e socorrido pelos colegas de trabalho. O policial foi encaminhado para a Santa Casa de Misericórdia  Sobral e passou por uma cirurgia. Segundo o hospital o estado de saúde do policial é grave.
A polícia disse que  realiza buscas na região. Até a manhã desta terça-feira (15), ninguém foi preso.

Violência

Vinte e cinco policiais morreram somente neste ano no Ceará, segundo levantamento feito pelo G1, com base em ocorrências e registros de associações e sindicatos dos agentes de segurança pública do estado. Em uma semana foram três casos.
Na sexta-feira (11), um policial militar reformado foi assassinado no Bairro Parque Leblon, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo a polícia, o corpo de Carlos Alberto Ribeiro Gomes foi encontrado com marcas de tiros e pedradas. O corpo estava dentro de um carro. 
Já no domingo (6), um policial rodoviário aposentado foi morto em casa durante uma tentativa de assalto no Bairro Jangurussu, em Fortaleza. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Leomar Saraiva de Aquino, de 73 anos, foi baleado com um tiro na cabeça e não resistiu. Duas pessoas foram presas suspeitas do crime.

Fonte: G1Ce

APÓS 18 DIAS, POLÍCIA CIVIL ENCERRA GREVE NO CEARÁ

Categoria encerra paralisação após 18 dias. Grupo que estava acampado em frente a sede do governo deixou o local.

A Polícia Civil decidiu encerrar a greve da categoria na noite de segunda-feira (14) após a realização de uma assembleia. O grupo que estava acampado em frente ao Palácio da Abolição  - sede do governo - já deixou o local, segundo o Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará (Sinpol). Cerca de 300 policiais compareceram ao ato, incluindo policiais do interior do estado.
A paralisação já estava no 18º dia. Os policiais civis decidiram iniciar uma nova greve no dia 27 de outubro. Um grupo de policiais ficou acampado em frente a sede do Governo do Ceará. A categoria informou que vai continuar com as reivindicações, como a desativação das carceragens nas delegacias, melhorias nas condições de trabalho e melhores salários.
À época do início da nova greve, a Casa Civil, por meio de nota, disse  que "estranha o posicionamento de parte da categoria dos policiais civis". Segundo o órgão, todas as reivindicações estão sendo levadas à constante mesa de negociação. E que segue com diálogo permanente com a categoria.

Balanço

De acordo com a diretoria do Sinpol, durante o período da greve houve uma redução de 50% de registros de BOs e aproximadamente 600 inquéritos deixaram de ser instaurados.

Fonte: G1Ce