VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

EM CAMOCIM, ELEMENTO ASSALTA CLIENTE DE FARMÁCIA E É PRESO PELA POLÍCIA MILITAR

Elemento foi preso minutos depois
Um elemento identificado como Josenildo Teixeira de Sousa, vulgo “Branco”, foi preso por volta das 11h30 desta quarta-feira, 09, sob a acusação de assalto. Conforme informações policiais, o indivíduo entrou na Farmácia Pague Fácil e surpreendeu uma cliente, avançando um embrulho contendo uma quantia de 50 reais e fugiu correndo pelo Centro comercial. Nesse momento, o irmão da vítima saiu correndo e gritando “pega ladrão”, chamou a atenção de populares, inclusive de um policial de folga que passava pelo local. Começou então uma perseguição, sendo que já quase no encontro da Rua José Maria Veras com Dr. João Tomé, duas equipes da Polícia Militar (Força Tática e FTM) chegaram ao local e juntamente com o policial de folga capturaram o elemento.
Branco já não estava mais com o dinheiro, disse que havia caido de sua mão durante a fuga. Os pm’s encontraram com o mesmo a faca que foi usada no assalto. Ele foi conduzido para a DPC de Camocim onde foi autuado em flagrante por crime de roubo (artigo 157 do CPB) e já se encontra recolhido à cadeia pública local.

Efetuaram a prisão: Tenente Cleumir, Sgt Rivelino, Sgt Dário, Sgt Mardônio, Sgt Edirlessandro, Sds Gleison, Fernandes, Gleison Pereira e Wilker

Camocim Polícia 24h 

APROVEITE AS PROMOÇÕES DA QUARTA MALUCA FARMA-X


Corra e venha economizar, aqui na Farma X seu dinheiro vale muito.

Pra você ficar por dentro de nossas promoções chame no nosso whatsapp 📲 9 9336-6870 ou venha nos fazer uma visita, a Farma X fica localizado na Rua Antônio Zeferino Veras, ao lado do Colégio Novo.

Atenção!!! Promoção válida até domingo, 13 de novembro

EM CAMOCIM, POLÍCIA MILITAR PRENDE MAIOR POR ASSALTO E APREENDE MENOR POR RECEPTAÇÃO

Acusado
A Polícia Militar prendeu um indivíduo sob a acusação de assalto e apreendeu um menor acusado de receptação durante a noite de segunda-feira, 07, aqui em Camocim.
Era por volta de 21h00 de segunda quando populares ligaram para o 190 informando que uma dupla trafegando em uma moto Honda Bros de cor preta havia assaltado um estudante de 14 anos e levado seu aparelho celular.
Equipes policiais foram ao local e encontraram a vítima, a qual confirmou a denúncia e disse que os indivíduos estariam armados com revólver.
As diligências foram iniciadas e momentos depois os militares da FTM encontraram a moto usada pelos assaltantes. O veículo, uma Honda Bros de cor preta e placa OCE-8783 estava abandonada na Rua Carlos Trévia, no bairro Nossa Senhora de Fátima. Segundo os pm’s nos repassaram, o motivo do abandono da moto foi falta de combustível.
As buscas foram intensificadas e cerca de uma hora depois os pm’s receberam uma informação que um dos elementos envolvidos no assalto era conhecido como “Carlos filho da Muda”, nome  verdadeiro Carlos Firmino de Almeida, de 19 anos, residente na Rua Riachuelo, próximo ao antigo Sesp.

Moto usada no assalto
Os policiais da FTM foram até o endereço e encontraram o indivíduo na calçada de sua casa com sua namorada, fingindo não saber de nada e negando qualquer tipo de participação no assalto, no entanto, após a vítima e outras testemunhas terem o reconhecido, o indivíduo enfim abriu o jogo e confessou, dizendo inclusive que a arma usada no crime seria uma réplica de uma arma de fogo. Disse ainda que seu comparsa havia fugido e se escondido na residência de um familiar e que não sabia o endereço. Quanto ao aparelho, eles teriam vendido pela quantia de 130 reais para um menor de iniciais A.V.F.L., de 15 anos, já bastante conhecido pela polícia, residente no final da Rua Rita Aguiar, bairro Boa Esperança. O menor foi localizado e o aparelho foi recuperado. Todos foram conduzidos para a DPC onde o maior Carlos foi autuado em flagrante por crime de assalto (artigo 157 do CPB), sendo conduzido para a cadeia pública de Camocim; já o adolescente foi enquadrado em crime de receptação (artigo 180 do CPB) e como é menor foi posto em liberdade. O comparsa de Carlos ainda não foi encnotrado.

Efetuaram as prisões: Sgt Félix, Sgt Guilherme e Cb Gouveia
Camocim Polícia 24h

GRANJA-CE: "GAGO" RECEBE ALTA MÉDICA E JÁ ESTÁ RECOLHIDO À CADEIA PÚBLICA LOCAL


Recebeu alta médica do hospital Santa Casa de Sobral o detento Adriano Sousa de Lima, vulgo “Gago”, de 20 anos. Gago era foragido da cadeia pública de Granja há cerca de um ano e é apontado como o chefe de uma quadrilha que aterrorizou a região de Granja por alguns meses. Gago foi baleado e preso no último dia 02 de novembro durante uma operação deflagrada pela Polícia Militar. Reveja o caso AQUI
Vale ressaltar que antes da prisão de Gago, vários de seus comparsas integrantes da quadrilha também já haviam sido presos, sendo então desbaratado o bando criminoso.

Chegada a Granja

Gago recebeu alta médica e chegou à cidade de Granja por volta de meio-dia de terça-feira, 08. Ele foi direto para a DPC local onde foi ouvido por cerca de cinco horas pelo Dr. Márcio Luiz, delegado que preside os vários inquéritos que tramitam contra o elemento. Já por volta das 17h00, Gago foi reconduzido para a cadeia pública de Granja, local que fugiu com outros detentos exatamente no dia 15 de dezembro de 2015. Relembre o caso AQUI.

Camocim Polícia 24h

GAROTO DE 12 ANOS ESTUPRA IRMÃ DE 9 ANOS APÓS ASSISTIR FILME PORNÔ

Um garoto hoje com 14 anos recebe tratamento numa instituição depois de estuprar repetidas vezes sua irmã mais nova, que na época tinha 9 anos. O menino, então aos 12, teria assistido a filmes pornô com temática de incesto e usado o argumento de que os dois não seriam mais irmãos se eles não mantivessem relações sexuais. As informações são do site "Daily mail".
Segundo o promotor Ian Fenny, os atos não foram isolados e aconteceram no quarto da menina e, quando interpelado pela mãe, ele teria dito que ela consentiu. “Aconteceram em momentos em que ele sabia que não seria interrompido”, disse diante da Corte de Cheltenham, no Reino Unido.
O menino, cuja identidade não pode ser revelada, teria ainda feito buscas na internet para achar conteúdos pornográficos contendo incesto. “Casos como esses vão aumentar na Justiça por causa do acesso que jovens têm agora à pornografia pesada”, diz Fenny.
O garoto assumiu a culpa por seis acusações de estupro e passará cinco anos sob acompanhamento para prevenção contra crimes sexuais. Internado numa unidade de tratamento, ele tem acesso controlado à internet e não pode ter contato com ninguém que tenha menos de 16 anos ou ter qualquer relação com a sua irmã. Quando deixar a instituição, será monitorado até os 19 anos.

Fonte: Newsjs