VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sábado, 31 de dezembro de 2016

EM CHAVAL, POLÍCIA MILITAR PRENDE ADULTO E APREENDE MENOR ACUSADOS DO HOMICÍDIO QUE VITIMOU "JORGINHO"

Adulto e menor acusados de participação
Durante a manhã de ontem, sexta-feira 30, policiais do destacamento de Chaval prenderam um adulto e apreenderam um menor sob a acusação de participação em um homicídio ocorrido na manhã do dia 02 de dezembro deste ano na cidade de Chaval. Na ocasião foi executado a bala com dois tiros na cabeça um homem identificado como George Luís Apoliano Monteiro, 24 anos, vulgo “Jorginho”. Relembre a matéria AQUI.

Prisões

Era por volta das 05h30 da manhã de sexta-feira, 30, quando os policiais militares do destacamento de Chaval receberam uma denúncia dando conta que dois indivíduos suspeitos de terem executado um homem conhecido por “Jorginho” estariam escondidos na casa do ex-detento conhecido como Nelson (suspeito de ser o mandante do crime que vitimou Jorginho). Vale ressaltar que Nelson também foi executado na última terça-feira, 27, em um crime que tem tudo para ter ligação com a morte de Jorginho, uma espécie de vingança. Relembre o caso AQUI.
Após receberem a denúncia, os pm’s foram ao local e conseguiram efetuar a prisão do maior Yago Sousa da Silva, 24 anos, natural de Maracanaú e residente em Pacatuba. Os pm’s também apreenderam o menor J.S.S., de apenas 13 anos de idade.

Confissão

Conforme informações nos repassadas pela polícia, a princípio os dois negaram suas participações no crime que vitimou Jorginho, contudo, após uma breve conversa com os policiais eles resolveram confessar que realmente teriam participado mais quem teria executado a vítima seria um elemento conhecido apenas como “Pânico”, o qual ainda se encontra foragido.
Sobre o paradeiro da arma usada na execução, a dupla não soube informar, sendo encontrado na casa do pai do dito adolescente, apenas uma garrucha (arma artesanal). Para os policiais o revólver utilizado no crime ainda estaria com o indivíduo conhecido como “Pânico”.

Delegacia

O adulto e o adolescente foram conduzidos para a DPC onde o delegado plantonista analisou o caso e com base nos depoimentos dos suspeitos, solicitou do Juiz daquela vara um mandado de prisão preventiva contra o maior, sendo imediatamente atendido. Sendo assim, Yago já se encontra recolhido à cadeia de Chaval sob a acusação de homicídio. Já contra o menor foi feito um BOC com base nos artigos 121 do CPB (homicídio) e artigo 14 da lei do Desarmamento posse de arma de fofo) e em seguida foi liberado.

Efetuaram a prisão: Sgt C. Félix, Sgt Oliveira, Sds Gleison, Thaynnan e Felipe Brito
Camocim Polícia 24h

Um comentário:

Anônimo disse...

é isso guerreiros fizemos nossa parte