VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

OFICIAL DA PM BALEADO EM FORTALEZA NÃO RESISTE E MORRE EM HOSPITAL


O tenente da PM foi atingido com um tiro na cabeça, mas não resistiu.

O tenente da Polícia Militar Marcos Lira, lotado na 1ª Companhia do 5ª Batalhão, baleado durante assalto na manhã desta sexta-feira (14), não resistiu aos ferimentos e morreu no Instituto Dr. José Frota (IJF).
O oficial foi surpreendido por homens que assaltavam uma loja de celulares. Ele não percebeu a ação e acabou sendo baleado na cabeça. Um outro policial que o acompanhava conseguiu disparar contra os bandidos enquanto eles tentavam fugir.
Um dos bandidos morreu no local e o outro ficou ferido. De acordo com informações do Relações Públicas da PM, tenente-coronel Andrade Mendonça, o envolvimento de um terceiro suspeito está sendo investigado.

Doação de sangue

Ao longo da manhã e início da tarde, uma grande campanha nas redes sociais convocou militares para doarem sangue ao tenente Marcos Lira. A sede do Hemoce na Avenida José Bastos, no bairro Rodolfo Teófilo, inclusive, ficou lotada de policias que se prontificaram a ajudar o PM baleado, segundo informou a assessoria do Hemoce. Após a confirmação da morte do tenete, entretanto, os agentes deixaram o local. 

Outros casos

Além de Marcos Lira, outros dois policiais foram baleados em situações distintas nesta sexta-feira. O primeiro caso aconteceu logo na madrugada. Bandidos fizeram barricada para assaltar três ônibus na CE-060, em Quixeramobim. Em um dos veículos estava um PM que se dirigia a Fortaleza. Ele percebeu a ação do bando e conseguiu balear um dos suspeitos, que morreu. Porém ele também foi atingido e teve que ser levado para o hospital. Na ocasião, outra pessoa ainda ficou ferida, mas passa bem.
No bairro Quintino Cunha, um sargento foi chamado para coibir um assalto. Chegando ao local, trocou tiros com a dupla que estava cometendo delito em um mercadinho. O policial foi atingido no braço, mas foi socorrido e passa bem. Um dos assaltantes foi preso.

Na última terça-feira (11), um sargento da Polícia Militar também foi vítima de tentativa de assalto no Montese. O militar estava em frente a uma residência situada na rua Barão de Canindé, quando foi abordado por dois homens. Na ação criminosa, um dos bandidos sacou uma arma e o PM reagiu. Houve tiroteio e o policial foi atingido no abdome, no ombro esquerdo, no braço direito e nas costas.

Fonte: DN

7 comentários:

Anônimo disse...

Combatir o bom Combate acabei a carreira guardei a Fé

SD PM disse...

Eu tenho o vídeo do ocorrido.manda o zap que eu mando

Anônimo disse...

Faleceu mais um profissional da segurança pública, más adivinhem em qual dos velórios o representante dos Direitos Humanos irá participar?

Anônimo disse...

Os Direitps Humanos é representado pela parcela sã da sociedade, a saber: de membros do judiciário, do MP, da OAB, das Polícias Civis, Militares, BM e Fedetais.

Nao precisa vc ser tão desinformado, ficar atacando os Direitos Humanos, porquê todo País civilizado presa por esse instituto de proteção ao ser humano.

E quanto a morte do policial militar ou de qualquer outro trabalhador, homem ou mulher, criança ou idoso, ou empregado ou desempregado, será sempre uma tristeza para a nação, e, maior, muito maior para seus patentes e amigos.

Infelizmente a violência tem afetado todas sociedades, inclusive, as tidas como civilizadas. INFELIZMENTE.

Nossos pêsames maiores aos que trabalham e levam uma vida reta.

Anônimo disse...

ESSE QUE DEFENDEU OS DIRETOS HUMANOS É MAIS UM DESSES QUE SÓ DEFENDE BANDIDO,EU FICO INDIGNADO COM TAMANHA SAFADEZA,PERDEMOS MAIS UM COMPANHEIRO DE FARDA E ELES Ñ TOMAM NENHUMA PROVIDÊNCIA,MAS SE FOSSE AO CONTRÁRIO,ESTARIAM LÁ O"DIREITO DOS MANOS"PARA FAZER DE TUDO PARA O CIDADÃO PERDER A FARDA,ISSO ME DEIXA EXTREMAMENTE REVOLTADO COM O TOTAL DESCASO POR PARTE DESSE GOVERNO QUE NÃO TOMA UMA ATITUDE MAIS DRÁSTICA EM RELAÇÃO A TANTA CRIMINALIDADE.A.F.N.

Anônimo disse...

FALOU CERTO "PROTEÇÃO AO SER HUMANO "AGORA A PERGUNTA:UM POLICIAL QUE MORRE NÃO É SER HUMANO?PORQUE QUANDO MORRE UM POLICIAL NUNCA OUVI FALAR QUE O DIREITOS HUMANOS FOI LÁ DÁ APOIO A FAMÍLIA.A.F.N.

Anônimo disse...

Ora Senhores, não precisa gritar com os quem pensam diferente de vcs, no texto que esclarece quanto aos Direitos Humanos, não se desconsiderou-se em momento algum, a humanidade do policial assassinado, de forma nenhuma.

Outra coisa, o Brasil sempre foi um Estado policial e nos ultimos anos, muito mais ainda. E isso não é bom pra civilização nenhuma, que policiais decidam do jeito que pensam ou queiram, portanto, deve ter um controle muito mais rígido.

Porque se continuar nesse rítimo, daqui a pouco não se pode mais questionar o erro de nenhum funcionário público, quer seja policial ou não.

Quando vc ler os livros atualizadíssimos de:

Os donos do poder;
A história da riqueza do homém;
Michel Fucault;
Cesáre de Beccaria;
Capitalismo x comunismo;
A história daqui de nossa Camocim;
Ditadura militar;
Anarquismo;
Golpe de Estado;
Golpe parlamentar;
A outra história do mensalão;
A outra história da lava jato...
Etc., etc.

Só pra começar, aí vc vem, se quiser, claro, escreva em caixa alta, se esgoele, ou, não.

Aí, saber-se-á se vc tem alguma coisa na cabeça pra levantar questionamentos ou alegar razões factuais de sociedade, de segurança pública, de Estado de legadade, de controle de constitucionalidade, dentre outros fundamentos de proteção ao ser humano.

Saudações às autoridades policiais e aos cidadão de bem.