VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

EM CAMOCIM, DETENTOS SÃO OBRIGADOS A TRABALHAR NA REFORMA DA CADEIA E SOFREM SANÇÕES DISCIPLINARES


Segundo o administrador da cadeia pública de Camocim, Agp Kelyton, após dois dias de caos, aos poucos as atividades diárias da cadeia vai se normalizando.
Durante a tarde de ontem, quinta-feira, 27, ocasião em que a rebelião já havia sido contida mais o clima ainda permanecia tenso, um grupo de agentes penitenciário da CPOE (Comando Penitenciário de Operações Especiais) chegou à cadeia e realizou uma série de medidas para disciplinar e trazer de volta a normalidade.
Uma medida tomada pelos CPOE e que é digno de aplausos de todos foi usar vários detentos, dentre eles os líderes e os mais exaltados, para ajudar na reforma da cadeia, como pinturas, retirada de entulhos e limpeza geral. Essa parte foi feita por eles, gostando ou não, fizeram e irão sofrer sanções disciplinares.
Para as reformas consideradas mais complexas, profissionais da própria Secretaria de Justiça do Estado e da Secretaria da Infraestrutura do município, pegaram pesado noite e dia e concluíram os concertos das celas, como remendos em paredes, grades, forros e energia elétrica. Todos os detentos já estão recolhidos às suas devidas celas e até última ordem, foram cortadas várias de suas regalias como medida de punição:uso de televisões, uso de ventiladores, de rádios, etc.
O Grupo CPOE já deixou a cadeia durante a manhã desta sexta-feira. Para o administrador da cadeia, o chefe do CPOE ressaltou que ficarão de prontidão e qualquer que seja as atitudes de indisciplina ou foco de rebeldia por parte dos detentos eles retornarão de imediato em uma aeronave do Ciopaer.
A única parte da cadeia pública de Camocim que ainda permanece destruída é o albergado onde permaneciam os detentos do regime aberto e semiaberto.
O administrador da cadeia ainda informa que como sanção disciplinar não haverá visitas aos detentos neste sábado, 29, e que transferências não estão sendo descartadas.

Camocim Polícia 24h

21 comentários:

Anônimo disse...

Tem que transferir os que não querem cumprir pena numa boa. Aqueles que passam o tempo inteiro dando corda nos outros e puxando cordão pq não foram todos que aderiram a rebelião.

Anônimo disse...

Tem que transferir os que não querem cumprir pena numa boa. Aqueles que passam o tempo inteiro dando corda nos outros e puxando cordão pq não foram todos que aderiram a rebelião.

Anônimo disse...

Sábado não e 27 não 29

Anônimo disse...

Concordo os "chefes" da rebelião aqueles que incentivaram o quebra-quebra devem ser punidos severamente e transferidos para outro lugar!

Anônimo disse...

Medida mais q correta!!👏👏👏 Esses meliantes tem q arcar com os prejuízos mesmo! Eles fizeram a "baderna",eles q consertem. Afinal, nosso dinheiro tbm paga a "estadia" desses indivíduos. E se reclamarem, tem que transferir pra casa do cara...!!!Pra saber como é bom ficar numa Penitenciária de verdade.

Anônimo disse...

Essa idéia dos detentos trabalhar dentro da penitenciária e uma boa ideia essa desicao foi tomada foi tarde esso era pra ter acontecido antes de tantos problemas
(Mais essa ideia de tira a televisão,o radio e o ventilador vai causa outra rebelião na certa) vamos trabalhar do jeito certo

Wilson Brandão disse...

Presos rebeldes, tem que ter tratamento à altura, se ficar sem punição logo logo farão outra destruição, seria necessário a transferência dos mais exaltados.

Anônimo disse...

Bem feito se fosse asim direto era deferente. Se a familia arcasem com as despesas nao acomtecia isto. Os recusos era pra ser empregado em acoes preventivas para o futuro dessas novas safra de jovens para tirar das ruas e das drogas.proficinalisando eles .

Anônimo disse...

Senhor flavio porque as mulheres nao participaram da rebeliao e estao sofrendo sansoes disciplinares ja q nao participaram quando erram sao cobradas e quando nao fazem nada porque nao sao beneficiadas

Anônimo disse...

porque algumas pesoas julgam tanto os presos porque a prefeita nao coloca eles pra trabalharem quantas pracas abandonadas botem pra plantar aguar as plantas barrer as ruas pintar as escolas as mulheres trabalhar na cozinha da cadeia outras fazendo merenda nas escolas o q nao falta e trabalho botem pra pagar fazendo servico comunitario pra ver se nao muda essa cadeia

Anônimo disse...

e o jeito certo é ter somente uma televisão na quadra para programas educacionais e não uma em cada cela.

Anônimo disse...

Bom dia; o senhor governador,tem que providenciar um novo presídio fora da cidade de CAMOCIM-; como por exemplo: no quilômetros quarto; com urgência.
Nós camocinence não aceitamos mais essa vergonha no centro de nossa cidade

Anonimo Anonimo disse...

O Jeito certo e tirar tudo

Anônimo disse...

O atual Presidio poderia ser reformado e transformado em Delegacia de Policia Civil (ao invés de se construir uma nova) e os recursos economizados com aquisição de terrenos,projetos,etc. seriam destinados para construção de um novo Presidio afastado do centro da cidade. E a paz voltará a reinar. Que Deus ilumine a todos: Presidiários, Autoridades e a População.

Anônimo disse...

Medida correta a aplicada pelo CPOE. QUEBROU, CONSERTA. SUJOU LIMPOU. DEU PREJUIZO, PAGOU. Somos todos iguais perante a Lei. Ninguém é melhor que ninguém. Quando um cidadão danifica um bem público tem que responder pelos seus atos. Igualmente o mesmo deve acontecer no Sistema Prisional. Justa medida, afinal o dinheiro é de todos nós. QUEBROU, CONSERTA. SUJOU, LIMPOU. DEU PREJUÍZO, PAGOU.
Tudo muito simples. ASSIM FUNCIONA!!!.

Anônimo disse...

Até que em fim.... fizeram algo para manter a ordem e disciplina,estao de parabéns os órgãos de segurança.

Anônimo disse...

Vcs estão de parabéns, se eles queimaram os colchões é porque eles querem dormir no chão.

Anônimo disse...

A atitude dos cpoe deve ser vista como uma das soluções para essas rebeliões acabarem , não só isso , mais também deveriam por esses vagabundos pra trabalhar mais ainda, para pagar o que o governo gasta com eles .

Anônimo disse...

LUPA MASAK-Acredito eu se tão pagando e pq estavam todos juntos.

Anônimo disse...

Segundo a nossa legislação, mais especificamente na Lei de Execuções Penais, esta estabelecido que é obrigação do preso trabalhar, tanto para se manter, como para se ressocializar, porém nosso sistema prisional é falho e não tem politicas públicas nesse sentido,com o trabalho o apenado além de ter uma alto estima, ainda tem o beneficio de diminuir seus dias de cadeia. Houve em algumas penitenciarias de nosso País, empresas que tentaram investir nesse tipo de mão de obra, porém nossos governantes não deram continuidade ao projeto.

Anônimo disse...

Tem juízo não? Botar marginal dentro das escolas, perto de nossas crianças? Leva pra cozinha da tua casa...