VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sábado, 3 de setembro de 2016

OPERAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL PRENDE PEDÓFILOS EM FORTALEZA E CAUCAIA

Uma operação de combate à pornografia infantil foi deflagrada pela Polícia Federal (PF), na manhã desta sexta-feira (2), em Fortaleza e em Caucaia. De acordo com informações da PF, a ofensiva tinha quatro alvos sob suspeita de estarem compartilhando imagens na internet envolvendo crianças e adolescentes.
Conforme a delegada Juliana Pacheco, titular da Delegacia de Defesa Institucional da PF, a operação visava cumprir quatro mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva. O homem detido também era alvo de mandado de busca e apreensão. "Já havia um mandado de prisão para este homem porque tínhamos ciência que ele abusou sexualmente de uma criança de 11 anos. Foi preso por este crime e os peritos recolheram material na casa dele para que seja analisado se compartilhava ou não pornografia na internet", explicou a delegada.
Outro alvo acabou sendo preso em flagrante, porque a Polícia encontrou na casa dele material que ensejou a detenção. "Geralmente um perito acompanha nossas operações. Ele faz uma busca em computadores e nas mídias que são encontradas no local. Se neste momento já encontrar material o suspeito é preso em flagrante", explicou.
Nos casos dos outros dois suspeitos, que não foram presos, Juliana Pacheco declarou que não foi achado material pornográfico na primeira análise. "Nos dois casos foram apreendidos computadores, pen drives e outras mídias que serão minuciosamente analisados por nossos peritos. Muitos dos suspeitos apagam as imagens achando que não dá para recuperar, mas dá. Em 90% dos casos nós encontramos alguma coisa, durante a perícia", afirmou Juliana Pacheco.
Um dos presos ficou calado durante o depoimento e o outro confessou a posse dos objetos apreendidos. Os suspeitos responderão pelo crime de armazenamento e divulgação de imagens e vídeos de pornografia infantil, de acordo com a participação de cada um dos envolvidos.

Inquéritos

Segundo informações da Delegacia de Defesa Institucional, o Ceará é o quarto Estado em número de inquéritos que apuram crimes de abuso sexual de crianças e adolescentes. Somente São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais estão na frente. "Temos feito um trabalho muito intenso para combater este crime bárbaro aqui no Ceará. Muitas investigações estão em andamento", declarou Juliana Pacheco.

Fonte: DN

Um comentário:

Anônimo disse...

Esses vermes tem que pegar pena maxima 30 anos
Em regime feichado. Pois essa e a pior raça que
Que existe na terra.