VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

QUADRILHA ARMADA EXPLODE CARRO FORTE E SÃO LUÍS DO CURU


Dois dias após a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará  (SSPDS) ter anunciado a criação de uma força-tarefa para reagir contra os ataques a bancos no Interior, a resposta dos criminosos veio através de uma sequência de roubos a agências e postos bancários, além de um carro-forte. O mais recente fato foi o assalto a um blindado que transportava valores para a Região Norte.
O fato aconteceu na tarde de ontem (11), quando uma quadrilha, fortemente armada, com seus integrantes vestindo roupas camufladas e capuzes, atacou um carro-forte da empresa Brinks na altura do quilômetro 82,6 da BR-222, na localidade conhecida como “Curva dos frios”, no Município de São Luís do Curu, na Região do Vale do Curu, ao Norte do Estado.
Disparando tiros de fuzil, os assaltantes pararam o blindado, renderam os vigilantes e explodiram o cofre do veículo, roubando vários malotes onde estava o dinheiro que ia abastecer agências bancárias no Interior. Apesar da violência dos ladrões, ninguém ficou ferido. Até agora nenhum suspeito foi preso. O bando teria fugido em, ao menos, duas caminhonetes Hilux em direção ao vizinho Município de Umirim.
Este foi o quarto assalto a carro-forte no Ceará em 2016.



Outros ataques

Ainda na madrugada da quinta-feira, bandidos ainda não identificados atacaram o prédio onde funciona o gabinete do vice-prefeito de Fortaleza, localizado na Avenida Luciano Carneiro, no bairro Vila União, e violaram um caixa eletrônico do Banco do Brasil, utilizando um maçarico e outras ferramentas. O bando rendeu os guardas municipais que fazem a segurança do prédio e passaram cerca de seis horas dentro do prédio sem que fossem percebidos. A Polícia só tomou conhecimento do fato quando o dia amanheceu.
No dia anterior, quarta-feira (10), dois ataques a bancos foram registrados no Ceará. Ainda da madrugada, uma quadrilha invadiu a cidade de Senador Pompeu, no Sertão Central (a 273Km de Fortaleza) e atacou as agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica, explodindo os caixas eletrônicos do BB e metralhando a fachada da CEF. Houve troca de tiros dos ladrões com a Polícia Militar e um bandido acabou morrendo. Os demais fugiram. Pelo menos, seis suspeitos já foram detidos.



Também na quarta-feira, outra quadrilha praticou um assalto à mão armada na agência do Banco Santander, localizada no Campus da Universidade Federal do Ceará (UFC), no Campus do Pici, em Fortaleza. Além de roubar o dinheiro dos caixas, os criminosos também levaram as armas e coletes à prova de balas dos vigilantes. Ninguém foi preso.

Blog do Fernando Ribeiro
Fotos 1 e 2: DN

Um comentário:

Anônimo disse...

O governo vai ter que fazer helipontos nos bancos para que esse dinheiro seja transportado de helicoptero ou vai continuar esses assaltos aos carros fortes.