VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

GRANJA-CE: AGRICULTOR PRATICA SUICÍDIO E GRANJA CHEGA AO SEU 5º CASO SÓ NESTE ANO. ONDA DE SUICÍDIOS CONTINUA AUMENTANDO NA REGIÃO

Vítima
O último caso de suicídio em Granja havia acontecido há 23 dias atrás, no último  dia 1º de agosto. Relembre o caso AQUI.

Para aumentar mais ainda os números frios das estatísticas de suicídios em nossa região foi registrado mais um caso durante a manhã desta quarta-feira, 24. Desta vez o caso aconteceu na localidade de Folha Larga, próximo ao distrito de Parazinho, zona rural de Granja. Com esse, o município de Granja já chega ao quinto caso em menos de oito meses.

Sinistro

Era por volta das 09h00 desta quarta-feira, 24, quando os policias do destacamento de Granja foram informados através do 190 que um homem havia cometido suicídio por enforcamento em sua residência. Uma equipe policial sob o comando do Sgt Fontenele foi até a localidade de Folha Larga e chegando na residência se depararam com a cena horripilante. O agricultor de 53 anos identificado como Francisco Pascoal Sampaio estava morto enforcado por uma corda em seu pescoço. A vítima foi encontrada por um vizinho, o qual disse aos policiais que por volta de 09h00 foi até a casa do agricultor e o chamou. Como o mesmo não respondeu ele resolveu entrar pelas portas dos fundos e tomou um grande susto ao presenciar a cena.

O agricultor praticou suicídio dentro de sua residência. 
Motivação


Segundo informações nos repassadas pela polícia o agricultor era divorciado morava só já algum tempo. Os familiares teriam dito que ele aparentemente vivia uma vida normal, que não apresentava sintomas de doença nem depressão. Todos estão sem entender o triste acontecimento.

Confira todos os casos de suicídio ocorridos neste anos nas cidades de Camocim, Ganja, Martinópole, Barroquinha e Chaval:

Martinópole
  1. No dia 16 de janeiro, um homem de 39 anos identificado como Ivan Ferreira Gomes praticou suicídio por enforcamento em um quarto de sua residência localizada na Rua Chico Novo, Bairro Matadouro Velho, em Martinópole; Relembre a matéria AQUI.
  2. No dia 19 de abril, o agricultor José Maurício de Matos, de 41 anos praticou suicídio por enforcamento em um matagal na localidade de Ilha, zona rural do Município de Martinópole; Relembre a matéria AQUI.
  3. No dia 16 de maio, o agricultor João Batista da Silva, 40 anos, praticou suicídio por enforcamento em um quarto de sua residência localizada na localidade de Lagoa cercada, zona rural de Martinópole; Relembre a matéria AQUI.
  4. No dia 08 de junho, um homem identificado como Edio Estevão de Sousa, 29 anos, praticou suicídio por enforcamento em um quarto de sua residência localizada no Conjunto Benedito Barros, em Martinópole. Relembre a matéria AQUI.
  5. No dia 18 de agosto, um homem identificado como Francisco de Assis Gomes, 37 anos, praticou suicídio por enforcamento na área de serviço de sua residência localizada na Rua João Domingos, Centro da cidade. Veja o caso AQUI.
Granja
  1. No dia 16 de fevereiro, um garoto identificado como Antonio Alexandre de Sousa Fontenele, de apenas 14 anos, praticou suicídio desferindo um tiro de espingarda em seu peito esquerdo dentro de um matagal localizado no distrito de Timonha, em Granja; Relembre a matéria AQUI.
  2. No dia 07 de junho, o motorista Raimundo Ferreira da Silva, vulgo “Lichoa”, 47 anos, praticou suicídio por enforcamento em sua residência localizada no Conjunto Alto da Brasília, no bairro São Pedro, em Granja; Relembre a matéria AQUI.
  3. No dia 27 de julho, um garoto de apenas 16 anos identificado como Daniel praticou suicídio por enforcamento em um cômodo de sua residência localizada na  Rua Perimetral, no Bairro São Francisco, em Granja; Relembre a matéria AQUI.
  4. No dia 01 de agosto, um homem de 25 anos identificado Francisco Jonas Alves Lima do Nascimento praticou suicídio por enforcamento em um quarto de sua residência localizada na Rua Carlos Dias, no bairro Nossa Senhora de Fátima, em Granja. Relembre a matéria AQUI.
Camocim
  1. No dia 02 de maio, uma jovem de 22 anos identificada como Francisca Kaliane do Nascimento praticou suicídio por enforcamento em uma residência localizada na Rua Perimetral, próximo à Oficina do Pavão, em Camocim; Relembre a matériaAQUI.
  2. No dia 13 de maio, uma jovem de 20 anos identificada como Francisca Raquel Costa dos Reis, praticou suicídio por enforcamento em sua residência localizada na localidade de Tabocal, em Camocim; Relembre a matéria AQUI.
  3. No dia 28 de maio, uma adolescente identificada como Maria Geovanna Santos Araújo, de apenas 14 anos, praticou suicídio por enforcamento em sua residência localizada na Rua Perimetral, bairro São Francisco, em Camocim. Relembre a matéria AQUI.
Barroquinha
  1. No dia 09 de janeiro, um homem identificado como Antonio Teixeira Amaral, de 26 anos, praticou suicídio por enforcamento em sua residência localizada na Rua Chico Bento, Centro, em Barroquinha. Relembre a matéria AQUI.
Chaval
  1. No dia 07 de julho, um homem identificado como Francisco Júnior da Costa dos Santos, 24 anos, praticou suicídio por enforcamento em sua residência localizada no bairro Porto da Missa, em Chaval. Relembre a matéria AQUI.
Portanto, 15 suicídios registrados desde o começo do ano em nossa região, cinco casos em Martinópole, cinco em Granja, três casos em Camocim, um em Barroquinha e outro em Chaval. Dos quinze suicídios, quatorze foram praticados por enforcamentos e apenas um com disparo de arma de fogo.

Camocim Polícia 24h

4 comentários:

Anônimo disse...

Isso é triste e inevitavel quando se trata de uma decisao pessoal.
Temos que ter pé no chão objetivos a cumprir e muita fé no nosso pai eterno.

Pensen nisso.

Anônimo disse...

Meu Jesus

Anônimo disse...

muito estranho o enforcamento dele,a quele caxote e o chinelo no lugar sem tá bagunçado

Anônimo disse...

A morte dele é muito estranho, a corda estava na boca, copo todo machucado, e o caxote e o chinelo no lugar sem ser bagunçado. Ele era uma pessoa alegre, trabalhava todo dia, a gente não via tristeza nele. Acho que esse caso deveria ser mais investigado.