sexta-feira, 6 de novembro de 2015

PROJETOS PARA A SEGURANÇA PÚBLICA FICARÃO PARA PRÓXIMO ANO.

Alguns dos projetos pensados para a Segurança Pública do Estado, como as Unidades Integradas de Segurança (Unisegs), a redivisão das Áreas Integradas de Segurança (AIS) e a reestruturação do Ronda do Quarteirão, parte das ações do "Programa em Defesa Pela Vida", ficarão para 2016. O titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Delci Teixeira, afirmou que problemas licitatórios adiaram a execução dos projetos.
"Abrimos licitação para compra das viaturas, para mobiliar as 10 AIS que serão instaladas e as 25 Unisegs. Houve problemas com o preço. Em hipótese alguma vamos aceitar pagar valores acima do praticado no mercado. Vamos recomeçar o processo licitatório. Não podemos ter uma viatura que custa R$ 75 mil e pagar R$ 104 mil. Com isso, talvez haja um pequeno atraso no lançamento dos projetos, pois precisamos ter as viaturas".
O secretário ainda antecipou que a Pasta já estuda as necessidades para a reestruturação da Polícia Militar para os próximos três anos do governo.


"Os recursos estão sendo canalizados. O governador me cobrava e fizemos um planejamento para o efetivo da PM nos anos de 2016-2017-2018. Não podemos chegar ano que vem sem ter pronto o processo de licitação. Quando o governador nos der o sinal verde, estará tudo pronto. Diante da situação grave a qual passa o País, a segurança está sendo priorizada junto com saúde e educação. Dentro do possível, estamos sendo atendidos. Nosso grande problema é efetivo. Em seguida, o equipamento. Tudo isso está sendo feito para aquisição", avaliou.

Fonte: DN

Nenhum comentário: