terça-feira, 5 de novembro de 2013

VIOLÊNCIA FAZ CRESCER A PROCURA POR BLINDAGEM DE VEÍCULOS NO CEARÁ.

Com o aumento da violência, em Fortaleza, também tem crescido a procura por blindagem de veículos. De acordo com a Associação Brasileira de Blindagem, o Ceará já está entre os cinco estados brasileiros onde se mais blindam carros. Para blinar um acarro, o investimento custa de R$ 35 a R$ 45 mil, dependendo do carro. Em todo o Ceará, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-Ce) já tem cadastrados 1.600 veículos blindados, número que já é quase o dobro do registrado no ano passado.

Quando um veículo é blindado, apenas o painel e o console ficam intactos. Todas as outras peças recebem um material resistente para proteção. As portas, os paralamas, as caixas de roda e o teto são revestidos por um um tecido especial chamado manda de aramida.
As colunas que ficam do lado de dentro do carro são cobertas por um aço balístico. A garantia de proteção é de 100%, segundo as  empresas. "Mesmo quando um veículo for atingido nas rodas por balas, ele pode continuar rodando graças a uma peça colocada entre o pneu e o aro", explica Sérgio Bezerra, grente de uma empresa de blindagem.

Com a blindagem, os vidros dos carros suportam as balas mais potentes. O padrão normal é de que a espessura seja de 21 milímetros. Com a técnica utilizada por uma das empresas especializadas em blindagem, são três milímetros a menos. A vantagem é um carro 30% mais leve. A empresa recebe, em média, 100 veículos por mês e os serviços oferecem padrões nacional e internacional de certificação. O processo de blindagem leva, em média, 35 dias.

Fonte: G1CE

Nenhum comentário: