sexta-feira, 1 de novembro de 2013

PEDREIRO É EXECUTADO COM 27 TIROS ENQUANTO TRABALHAVA EM UBAÚNA - COREAÚ

Benedito Sousa da Silva foi abordado por quatro homens em uma carro Polo preto; ele morreu imediatamente após os disparos de arma de fogo calibre Ponto 40.

Um homem foi executado com 27 tiros na tarde da última quarta-feira,30, em Coreaú, 299,3 km de Fortaleza. O crime ocorreu por volta das 16h45min quando a vítima, que trabalhava como pedreiro em uma construção nalocalidade de Lajeiro, próximo a Ubaúna, foi abordado por quatro homens encapuzados em um carro Polo preto.



Segundo informações de testemunhas à Polícia, os criminosos saíram do veículo e mandaram os outros trabalhadores da construção irem pra dentro do local. Benedito Sousa da Silva, idade não identificada pela Polícia, foi atingido com 27 disparos de arma de fogo calibre Ponto 40 em várias partes do corpo, como cabeça, peitoral, costas e pernas. Ele morreu imediatamente e os acusados fugiram logo em seguida. 

De acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI), Benedito não possuía antecedentes criminais. A Polícia de Coreaú investiga o crime para tentar achar e prender os criminosos. Segundo eles, a principal pista é a munição da arma utilizada no crime (Ponto 40), que seria utilizada somente por forças policiais. 









Fonte: O POVO\Fotos: Portal Ubaúnas

Um comentário:

Anônimo disse...

E A VIOLENCIA NÃO PARA DE CRESCER,UM ATRÁS DO OUTROS E NADA É FEITO PARA TENTAR PELO MENOS DIMINUIR ESSA ONDA DE VIOLENCIA EM NOSSO ESTADO E NO NOSSO BRASIL