sexta-feira, 20 de setembro de 2013

ASSALTANTE ESCONDE R$ 1.500 NO ÂNUS DEPOIS DE ROUBAR CASA LOTÉRICA


Um caso curioso ocorreu no município de Pinheiro após um assalto a uma casa lotérica no município de Guimarães, localizado na Baixada Maranhense. O crime aconteceu nesta terça-feira (17), e três bandidos levaram R$ 29 mil do estabelecimento. Um dos bandidos presos na ação policial, Anderson Cardoso foi preso. De acordo com informações policiais, o suspeito introduziu R$ 1.500 em dinheiro no ânus e passou mal no Hospital Antenor Abreu, para onde foi levado após ser baleado.

O homem teria escondido o dinheiro após a chegada da polícia ao local do assalto. No hospital, ele passou mal e teria se contorcido bastante. A enfermeira, assustada, chamou um médico, que identificou o problema. O homem havia introduzido o dinheiro no ânus.

CRIME E PRISÃO

Uma ação rápida de militares do 10º BPM, lotados nas cidades de Guimarães, Mirinzal e Central do Maranhão, com apoio de investigadores de Guimarães e do Grupo de Operações Especiais (GOE) de Pinheiro culminou na identificação e prisão da quadrilha envolvida no assalto a lotérica da cidade de Guimarães fato ocorrido, por volta das 7h, desta terça-feira (17).

Foram presos Hélio Alcântara de Sousa, 32 anos, natural de São Luís; Anderson Cardoso, 36, natural de Santa Inês; Patrícia Fonseca, 22, natural de São Luís; e Regivany Amorin Ribeiro, 23, natural de Guimarães. O quinto integrante do bando identificado como Márcio de Jesus Rodrigues Soares, 32 anos, conhecido “Marcinho”, continua foragido.
De acordo com informações policiais, o bando saiu de São Luís em um veículo GM S10, de cor prata, com placas NHR 5267 – São Luís, rumo à cidade de Pinheiro, onde pegaram Anderson e seguiram à cidade de Guimarães. Ao chegar ao destino, Marcinho e Anderson roubaram uma motocicleta Honda Fan CG. Com o veículo, a dupla se dirigiu a casa lotérica e roubaram R$ 29 mil do caixa. Nenhum objeto dos clientes foi subtraído. A dupla empreendeu fuga utilizando a motocicleta, enquanto a S10 dava cobertura para os criminosos.
A polícia foi acionada e os integrantes da quadrilha que estavam no carro foram abordados na MA-306, cerca de 5 KM da cidade de Guimarães. A dupla que fugiu na motocicleta empreendeu fuga pelo mato no povoado Capitiua. Marcinho e Anderson dispararam contra os policiais. Na ação Anderson foi atingido na região da coxa. Ele foi encaminhado para o Hospital Antenor Abreu, em Pinheiro.
Equipes das Polícias Civil e Militar continuam em diligências a fim de localizar “Marcinho”. Hélio, Patrícia e Regivany foram encaminhados à Delegacia de Guimarães e foram autuados em flagrante delito pelo delegado Jorge Antônio Silva Santos, pelos crimes de roubo e formação de quadrilha. Eles permanecem detidos na 5ª Delegacia Regional, em Pinheiro, à disposição da Justiça.
Fonte: O IMPARCIAL

Um comentário:

Anônimo disse...

É O NOVO!!!VAI SER CHAMADO DE BANCO ÃNUS 24HORAS