segunda-feira, 18 de março de 2013

CLÁSSICO-REI TERMINA COM 28 PRISÕES E 18 APREENSÕES, EM FORTALEZA.


Ao todo, 46 torcedores foram autuados no estatuto do torcedor neste domingo (17), após se envolverem em conflitos durante a partida entre Fortalezax e Ceará na Arena Castelão. Segundo o delegado Romário Almeida, desse total, 18 são adolescentes e foram encaminhados para a Delegacia da Criança e do Adolescentes (DCA).
Conforme o delegado, mais de 70 ocorrências foram encaminhadas para a delegacia durante a partida.

Mas somente para 46 foram apresentadas evidências e se configuravam  como infrações ao estatuto do torcedor. O maior volume de prisões, ainda de acordo com Almeida, ocorreu na Avenida Dedé Brasil, via de acesso ao Castelão.



Políciais do Raio disparam balas de borracha para
impedir invasão de torcedores a terminal de ônibus
(Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

Na avenida, a Polícia Militar teve de parar um ônibus que transportava um grupo em direção ao estádio. De acordo com a PM, os torcedores dispararam rojões contra soldados do Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) e danificaram o ônibus com pedras. Cacos de vidros atingiram alguns usuários do veículo. Todos os torcedores foram detidos.

Outros conflitos com grupos de torcedores foram registrados na cidade. No terminal de ônibus do Bairro Lagoa, imagens mostram a Polícia Militar disparando balas de borracha contra um grupo de torcedores que tentou invadir o terminal.  Um dos policiais chegou a aparar uma bomba caseira com as mãos.


Grupo de torcedores é retirado de ônibus após dispararem rojões contra policiais e danificar veículo. O ônibus foi parado ainda na Avenida Dedé Brasil e torcedores presos. (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)
Contingente

Para o Clássico-Rei deste domingo, entre Ceará e Fortaleza, na Arena Castelão, 665 policiais militares foram escalados para fazer a segurança do público.
Além deles, 60 agentes da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC) e 40 bombeiros auxiliaram a polícia, ao longo da partida. Uma ambulância e uma viatura contra incêndio também estiveram disponíveis no estádio.

Fonte: DN

Um comentário:

Anônimo disse...

horroroso ... simplesmente!