segunda-feira, 28 de maio de 2012

SUSPEITOS CONFESSAM QUE SEQUESTRARAM CRIANÇA NO DF PARA MATÁ-LO EM RITUAL MACABRO.

Os suspeitos de sequestrar uma criança no Distrito Federal confessaram à polícia que usariam o garoto em um ritual de magia negra. Ele conseguiu escapar com vida.
De acordo com a polícia, o menino de cinco anos foi levado por três mulheres para uma casa na periferia de Águas Lindas de Goiás (a 50 km de Brasília), ele foi obrigado a tomar uma bebida e acabou dormindo. O grupo diz ter seguido a ordem de uma entidade para fazer um sacrifício com o menino, o que acabou não acontecendo.

No dia seguinte, uma das sequestradoras levou o menino de volta de ônibus à rodoviária de Brasília, onde ele ajudava a mãe a vender doces. A sequestradora foi presa assim que desembarcou na rodoviária.

A partir dela, a polícia chegou ao restante do grupo: o pai de santo, menor de idade, e outras três mulheres. Nesta semana, outra história que envolve rituais com crianças veio à tona em São Paulo. Elza Nunes Gusmão foi presa, suspeita de sacrificar a própria filha. A menina sara, de seis anos, foi morta há um ano e meio, nesta casa, na zona sul da cidade.

O pai da menina não quis gravar entrevista, mas disse à nossa equipe que chegou a desconfiar da mulher. Segundo ele, Elza e uma vizinha haviam passado aquele fim de semana inteiro trancadas no quarto, rezando.

Foi o pai quem arrombou a porta e encontrou sara no chão. A menina estava nua e já sem vida.

Fonte: R7
CAMOCIM POLÍCIA 24hs

Nenhum comentário: