quarta-feira, 2 de maio de 2012

CAMOCIM-CE: EM PLENO DIA DO TRABALHADOR, DOIS FALSOS FLANELINHAS SÃO DETIDOS POR EXERCÍCIO IRREGULAR DE PROFISSÃO.


EM PLENO DIA DO TRABALHADOR

Dois flanelinhas foram detidos na segunda-feira (01), quando praticavam o exercício irregular da profissão.
Um deles foi ex-presidiário Gleison de Sousa Cunha (um dos homicidas do Finado “Cardeal” ocorrido há alguns anos atrás), foi detido por volta das 14h00, na praia das Barreiras. Os policiais da FTA de Camocim (Cb da Costa, Sds Joserlândio e Aragão), receberam a denúncia e flagraram o homem praticando o exercício irregular de flanelinha.


Já por volta das 20h00 ainda de segunda-feira, policiais do Ronda do Quarteirão de Camocim (Sds Fernandes, Kílder e Santos) detiveram mais um infrator, trata-se de Henrique de Sousa Cunha, 22 anos, que praticava o mesmo crime também na praia das Barreiras. Henrique já é reincidente neste tipo de infração, ele foi detido na última quinta-feira (26) por policiais quando estava agindo no local citado.


Acusado

Os infratores que dão uma de flanelinha na praia das Barreiras obrigam as pessoas a lhe darem dinheiro em troca do serviço, e quando os donos de veículos se negam a dá, esses são ameaçados pelos infratores.

Os dois homens foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Camocim e irão responder pelo crime de Exercício Irregular de profissão (Art 47 da Lei das Contravenções Penais). Os dois foram liberados em seguida.

CAMOCIM POLÍCIA 24hs

6 comentários:

Roque. disse...

Dá até medo quando agente se aproxima desses homens, eles partem logo pra cima.

Anônimo disse...

concordo com você Roque, já ouvi dizer que eles até arranham os veículos se você negar o trabalho deles!

Gustavo disse...

Alguns dos rapazes até desempenham um bom seviço, o prblema é que no meio tem sempre vagabundos que querem se aproveitar e até furtar os objetos de dentro dos veículos.

Anônimo disse...

Finalmente alguém deu um jeito nesses dois elementos. Vamos acabar com essa prática absurda de cobrança nas vias públicas do nosso município. Ultimamente os telejornais vem divulgando a ação dos flanelinhas pelo Brasil e aqui não era diferente. Já faz tempo que esses caras estão atuando nas Barreiras, e o pior de tudo é que eles não vigiam porra nenhuma, só vão lá pra receber o dinheiro. Tomara que daqui a alguns dias eles não estejam lá oferecendo seus serviços alegremente.

Anônimo disse...

nesse caso, esses dois ae deverian ter sido atuado por outra coisa ja que eles ameaçavam as pessoas, e nao por, exercicio ilegal da profissao...
aliás, eu nem sabia que franelinha é uma profissao. pramim isso é mais pra um ( bico, um quebra galho) coisa assim.. é ridiculo isso.

Camocim é do povo disse...

Desde quando "olhar" carro é profissão? Fez muito bem a PM em acabar com essa prática antes que vire moda na cidade. Em Fortaleza e nas grandes cidades, as ruas são loteadas por esses vagabundos que agem sem controle e cobram adiantado. Cadeia neles!