ANUNCIE CONOSCO E GARANTA JÁ O SUCESSO DO SEU NEGÓCIO

ANUNCIE CONOSCO E GARANTA JÁ O SUCESSO DO SEU NEGÓCIO

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

VÍDEO E FOTOS DO INCRÍVEL CASO DA MENINA SEM ROSTO EM MG.

Em Barra de São Francisco, próximo a Mantena, há dois anos e sete meses atrás nasce Vitória, uma linda menininha, porém com uma diferença crucial: ela não tem o rosto.
Fora de tudo aquilo que a gente imagina que pode acontecer com qualquer pessoa. 

Hoje (10 de maio) o TV verdade levou a menina e seus pais para pedir ajuda ao quadro do programa SOS Tv Verdade. Ela possui a síndrome de Treacher Collins: nasceu sem boca (apenas uma fissura aberta, sem céu nem formato), apenas com um olho e seu cérebro não irá se desenvolver normalmente. A Tv Verdade optou por não mostrar o rosto dela, por que é as imagens são muito fortes. Um rosto sem expressão de felicidade, dor ou pena ainda pode ser chamado de rosto?




Todo mundo no estúdio se emocionou. Foi convidado um médico, uma psicóloga e um pastor para falarem sobre o assunto. Explicação nenhuma aliviaria o sofrimento desses pais. O pai contou que quando Vitória nasceu a primeira coisa que o médico disse foi “pode ir comprar o caixãozinho dela, por que ela vai viver no máximo duas horas”. Hoje Vitória está com dois anos e sete meses. Os gastos com leite especial, sonda, fralda, roupas e muitas outras coisas são imensuráveis.

Para ajudar Vitória no banco: Vitória da Silva Marchioli Agência 0719 Operação: 013 Conta: 9706-4 Caixa Econômica Federal.
Isso nos leva um pouco a pensar o que nós fazemos para o próximo? Às vezes reparamos a roupa, o cabelo e ficamos falando mal, mas não olhamos pro que o ser humano tem de melhor, para aquilo que vai além da aparência, que transcende o estético. Isso também é com certeza um tapa na cara de milhares de mães que todos os dias abortam ou jogam suas crianças no lixo.


De acordo com os pais ela é super carinhosa. Uma lição de vida pra todos nós. A força e a coragem pra assumir seu amor pela sua filha independente se ela tem rosto ou não. Amor eles dão para as três filhas que eles tem, mas a Vitória é especial. Os pais preferiram lutar pela vida de sua filha, segurar a barra a simplesmente fugir da responsabilidade, que era o caminho mais fácil, legalmente possível e socialmente aceito. Os pais são, de fato, vitoriosos.

Fonte: Peripécias Psicológicas via Ceará em Rede


Nenhum comentário: