sábado, 16 de julho de 2011

PRESIDIÁRIO CHEFIAVA ESQUEMA DO TRÁFICO

Investigações levaram a Polícia a apreender mais um carregamento de meia tonelada de maconha na estrada
Um homem condenado a nove anos de prisão por tráfico de drogas e que se encontra recolhido no Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira (IPPOO II), foi identificado pela Polícia como o chefe de uma quadrilha que praticava o tráfico interestadual de maconha.

A investigação que resultou nesta descoberta também culminou, anteontem, na apreensão de meia tonelada de maconha paraguaia no Município de Penaforte (a 544Km de Fortaleza). A droga estava sendo trazida de Guarulhos, Interior de São Paulo, para ser distribuída na Grande Fortaleza.


Tentou fuga
A droga foi apreendida por volta das 22h30, na BR-116. Dividida em ´tijolos´ a maconha estava escondida no meio de uma carga de tubos de polietileno que era transportada num caminhão-baú. O motorista do caminhão, Américo Gonçalves Júnior, 45, ex-candidato a vereador do Município de Jaguaribara, foi preso em flagrante.

Quando viu a aproximação dos policiais civis, Gonçalves tentou fugir. Na operação, estiveram envolvidos 15 policiais da Denarc e da Coordenadoria de Inteligência (Coin), da SSPDS, sob o comando do delegado Pedro Viana.

O trabalho, segundo Pedro Viana, foi um desdobramento de outra apreensão de 600 quilos de maconha, em 17 de junho deste ano.

"Quando fizemos a primeira grande apreensão, descobrimos que a droga pertencia ao presidiário Davi Oliveira Gonçalves,23, conhecido como ´DVD´, que está preso há dois anos e sete meses e é condenado a nove anos de cadeia por tráfico. Ele estava coordenando, de dentro do IPPOO II, a ação da quadrilha que trazia a droga de São Paulo. Desta vez, o pai dele era o motorista do caminhão", destacou o delegado.

Para o diretor do Departamento de Polícia Especializada (DPE), Jairo Pequeno, a criação de uma Divisão de Combate ao Narcotráfico intensificará o combate ao tráfico.
Fonte: DN/CAMOCIM POLICIA24HS

Nenhum comentário: