sábado, 16 de novembro de 2019

DEMUTRAN DE CAMOCIM PASSA A USAR UNIFORME PADRÃO USADO EM TODO BRASIL


Os agentes do Departamento Municipal de Trânsito de Camocim - Demutran estrearam os novos uniformes nas cores amarelo e preto, se adequando ao padrão nacional dos agentes de trânsitos do Brasil.
Vale lembrar que depois de 16 anos o serviço de Trânsito Municipal deixou  de ser, em maio do ano passado (2018), "Superintendência de Trânsito - Sutran", vinculados a Guarda Civil Municipal, e passaram a ser  Departamento Municipal de Trânsito, órgão  da Secretaria de Segurança, Trânsito e Defesa Civil, recém criada no Governo Monica Aguiar. 
A Demutran recebeu mais 06 (seis) novos agentes efetivos do Concurso Público Municipal de 2012. Ao todo, Camocim conta com 21 (vinte e um) agentes de trânsito. 

Via Revista Camocim

PARABÉNS PELA DATA!


É dia de cantar parabéns para o jovem camocinense Wesley Snipes, o filho  primogênito do empresário Fábio Lima, o  popular Manga Produções. 
"Parabéns minha vida, Papai te ama mais que tudo nessa nesse mundo. JESUS te abençoe, sempre sempre e sempre. Parabéns!"

Ao garotão aniversariante, bem como ao pai e toda família, nossos votos de muita saúde e muita paz!

Via Revista Camocim

PAGODE E FORRÓ DAS ANTIGAS NESTE SÁBADO NO FORTIM DO EVAN!


GRUPOS DE ADVOGADOS É INVESTIGADO POR AJUDAR FACÇÕES CRIMINOSAS


Na Polícia Civil, há três inquéritos em fase de conclusão, nos quais são apuradas as condutas dos advogados. Os suspeitos pertenceriam a diferentes núcleos de facções criminosas instaladas no Estado 

Investigações da Polícia Civil do Ceará apontam que cinco advogados atuavam dentro de facções criminosas auxiliando nas tratativas para o tráfico de drogas e também tentaram ajudar na ação de fuga de detentos encarcerados nas unidades prisionais em Itaitinga. Os suspeitos se distribuíam em diferentes núcleos, sendo responsáveis desde entregas de bilhetes até o monitoramento do veículo que iria auxiliar na fuga. 
De acordo com a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), há três inquéritos distintos em fase de conclusão para apurar as condutas dos advogados Alberto Lucas Nogueira Lima, Elisângela Maria Mororó, Rafael Paulino Neto, Lucas Arruda Rolim e Alaor Patrício Júnior. Eles são suspeitos pelos crimes de organização criminosa, associação para o tráfico e tráfico de drogas. 
O delegado titular da Draco, Harley Filho, revelou a atuação de cada um dos suspeitos. Alberto e Elisângela seriam cúmplices de um plano que visava ajudar na fuga de líderes de uma facção criminosa. Harley conta que Alberto Lucas era responsável por passar para detentos os detalhes do plano. Um agente penitenciário teve acesso ao bilhete... Leia a matéria completa no Diário do Nordeste.

Camocim Polícia 24h