sexta-feira, 19 de abril de 2013

POLÍCIA MILITAR PRENDE LADRÕES NA HORA DE "SAIDINHHA BANCÁRIA".

Um dos suspeitos já foi capturado quatro vezes por policiais do BPRaio praticando assalto e por porte ilegal de armas.
Duas pessoas foram presas, na tarde de ontem, no cruzamento das avenidas Presidente Costa e Silva (Perimetral) e Cônego de Castro, no bairro Mondubim, após tentar praticar um assalto, do tipo ´saidinha´ bancária. A vítima da ação foi um vendedor, que estava trabalhando quando foi abordado pelos ladrões, identificados como Bergson Martins Ferreira, 21; e Fábio Roberto Santos de Paulo, 32.

De acordo com o comandante do BPRaio (Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas), major PM Márcio de Oliveira, esta é a quarta vez que Bergson Ferreira é preso somente pelos homens do Raio. "Ele já tinha sido capturado por nós outras três vezes, uma também por ´saidinha´ e outras duas por porte ilegal de arma de fogo. Mesmo assim, cumpria tudo isto em liberdade provisória", disse o oficial.

Saque

Segundo a vítima informou à Polícia, o crime aconteceu depois que ela fez uma transação bancária, em uma agência do Bradesco, no bairro Parangaba. Ao sair do local, portando uma quantia de R$ 1,9 mil, foi seguida pelos bandidos que estavam em uma motocicleta Honda, modelo Bros, de cor cinza. A placa do veículo foi checada junto à Ciops e não apresentava nenhum registro de restrição quanto a roubo ou possível clonagem.

O soldado Diogo Uchoa, que participou do atendimento à ocorrência, disse que a patrulha que ele fazia parte, a Raio-03, estava fazendo ronda rotineira quando uma mulher, que passava de carro, avisou que a poucas ruas dali, estava acontecendo um assalto.

Ao chegar ao cruzamento das avenidas, os policiais encontraram a vítima ajoelhada e com uma arma apontada para a cabeça. O vendedor estava rendido e sem nenhuma condição de reagir. A violência desmedida impressionou até mesmo os PMs.
Flagrante

No momento que a patrulha Raio 03 se aproximou, um dos assaltantes estava revistando o vendedor procurando mais dinheiro em seus bolsos.

"Eles foram abordados quando o assalto ainda estava em andamento. Fomos precisos na hora da abordagem e não houve chance de eles tentarem fazer nada mais com a vítima.
"Além de todo o dinheiro que o rapaz havia sacado no banco, os assaltantes pretendiam roubar a motocicleta que a vítima estava usando para trabalhar", disse o soldado Uchoa.

A arma que estava em poder dos assaltantes foi apreendida, bem como as munições e o dinheiro roubado da vítima. Eles não explicaram como conseguiram o revólver, calibre 38, que usaram no crime.

Os policiais informaram que irão investigar a participação da dupla em outros crimes na região do bairro Padre Andrade, onde eles moram.
Os assaltantes foram encaminhados à Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e autuados pelo delegado-adjunto daquela especializada, Audízio Santiago.

Saidinhas

O delegado titular da DRF, Romério Moreira de Almeida, disse à Reportagem que, somente durante o expediente de ontem, aconteceram cinco prisões de pessoas que tentaram praticar ´saidinhas´ bancárias.

Segundo ele, as ações policiais para coibir este tipo de crime vêm sendo intensificadas. "Estamos distribuindo os novos inspetores que estão integrando o nosso quadro, na malha bancária para realizar incursões neste sentido. Nossa orientação é para que, qualquer indivíduo em atitude suspeita, seja abordado e tenha seus antecedentes checados", afirmou.

Já o BPRaio tem como foco ações rápidas, que necessitam de abordagens precisas, como a de ontem. O comandante do batalhão lembrou que a atuação deste grupamento consiste em coibir, principalmente, delitos como assaltos, tráfico de drogas, porte ilegal de armas e roubos e furtos de automóveis.

No ano passado, cerca de 900 armas de fogo foram apreendidas pelos policiais militares do BPRaio nas ruas de Fortaleza e da região metropolitana.
Atualmente, dez equipes, além de três viaturas de apoio, atuam no período diurno e outras 20 entre a noite e o começo da madrugada.

MÁRCIA FEITOSA/ESPECIAL PARA POLÍCIA 
Fonte: DN/Fotos: Natinho Rodrigues

Nenhum comentário: