terça-feira, 13 de março de 2012

FAMÍLIA DAS VÍTIMAS DO ESTUPRO COLETIVO OCORRIDO EM QUEIMADAS REALIZAM PROTESTO.

Cerca de 500 pessoas participaram, nesta segunda-feira (12), de uma manifestação na cidade de Queimadas, em memória aos 30 dias do crime ocorrido no município onde foram estupradas cinco mulheres e duas destas foram mortas.
Os familiares de Isabela Pajuçara, 28 e Michelle Domingos, 29 estiveram à frente da mobilização contra a violência. O ato começou em frente ao local do crime, e percorreu várias vias da cidade, finalizando na igreja onde foi celebrada uma missa.
Alguns manifestantes chegaram a reclamar que forças políticas do município quiseram impedir que as pessoas que não estão envolvidas no caso participassem do evento como forma de enfraquecer o evento.
Familiares fizeram um pequeno desabafo em torno da dor e da ausência destes 30 dias das vítimas fatais do crime.
"Ainda sentimos muita dor, saudades, são sonhos cortados e projetos de vida decapitados de maneira tão violenta", disse uma familiar em prantos.
 
 
 
 
Fonte: Iguatu Notícias
CAMOCIM POLÍCIA 24hs

Nenhum comentário: