terça-feira, 27 de agosto de 2019

MENINA DE 11 ANOS DA À LUZ E PAI É O SUSPEITO DE ABUSO SEXUAL NO PIAUÍ

O pai da menina, identificado como Hélton José Nascimento é o principal suspeito de ter abusado sexualmente da própria filha.

Uma criança de iniciais G.V.N, de 11 anos deu à luz a um menino prematuro, aos seis meses de gestação no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), no município de Luís Correia, no litoral do Piauí. O pai da menina, identificado como Hélton José Nascimento é o principal suspeito de ter abusado sexualmente da própria filha.
De acordo com a assessoria de comunicação do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, a menina deu entrada no hospital no dia 12 de agosto, por volta das 18h50, após ter passado mal na escola e entrado em trabalho de parto prematuro. Ao chegar no hospital a criança passou por uma cesária para retirar o prematuro que pesava apenas 800g. Desde então a menina e o recém nascido estão internados no hospital e sob acompanhamento médico e devido a suspeita de abuso sexual o caso está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar. O estado de saúde dos dois é estável.
O pai da menina está sendo investigado pelo crime de abuso sexual de vulnerável, e segundo a polícia ele possuí antecedentes criminais. 

Fonte: Meio Norte

CAMOCIM-CE: INDIVÍDUO É PRESO PELA PM APÓS AGREDIR SUA COMPANHEIRA

A Polícia Militar efetuou mais uma prisão por violência doméstica aqui no município e Camocim. A prisão aconteceu por volta das 14h de segunda-feira, 26, na Rua Santa Terezinha, bairro Rodagem do Lago e o acusado foi identificado como sendo o indivíduo John Felipe Menezes de Sousa, 22 anos. De acordo com a vítima, uma mulher conhecida como Priscila, seu companheiro chegou em casa bastante alterado, danificou os utensílios domésticos e ainda a agrediu com murros. No local os pm's localizaram o individuo e o prenderam. Na delegacia ele foi autuado em flagrante com base ao artigo 129 do CPB combinado com a lei Maria Ada Penha.

Efetuaram a prisão: Sgt Torres, Cb Viana e Cb Fontenele
Camocim Polícia 24h


OPERAÇÃO POLICIAL DESARTICULA QUADRILHA COLOMBIANA SUSPEITA DE PRATICAR AGIOTAGEM


Uma operação da Polícia Civil desarticulou, na sexta-feira (23), uma quadrilha liderada por colombianos que praticava agiotagem, extorsão e ameaça na região do Vale do Jaguaribe. Foram presas quatro pessoas, três delas colombianas. Com o grupo, a Polícia apreendeu mais de R$ 11 mil, que teriam sido recolhidos de pequenos comerciantes da região, e 17 mil pesos (moeda estrangeira). 
A polícia passou a receber denúncias de que um grupo de estrangeiros estaria emprestando dinheiro a pequenos comerciantes e cobrando juros elevados, além de praticar extorsão e ameaça. A partir das denúncias, os policiais passaram a investigar os suspeitos colombianos. Entre os presos, está a proprietária de um estabelecimento que era utilizado como ponto de apoio pelos criminosos.
Os presos foram identificados como: Juan Carlos Piedrahita Piedrahita, Hernan Dario Osório Rodas, Leslee Michelle Hurtado Garzon e Liduina de Almeida Silva. A Polícia também está averiguando se os estrangeiros estão no Brasil de forma ilegal.
Segundo a investigação, os suspeitos faziam cobranças todos os dias na região e se encontravam no horário de almoço em um estabelecimento que pertence a Liduina. O local servia para receber pagamentos e planejar ações de extorsão e ameaças contra as vítimas. Liduina era a encarregada de fazer o recrutamento de novos clientes, como também o recebimento das parcelas dos empréstimos e o repasse desse dinheiro para os colombianos.
A abordagem ao grupo criminoso ocorreu no momento em que eles estavam reunidos no estabelecimento de Liduina, contabilizando o arrecadado. Além dos mais de R$ 11 mil e 17 mil pesos colombianos, a Polícia Civil apreendeu quatro motos, oito celulares e um vasto material de publicidade e de anotações para empréstimos. Os quatro presos vão responder por agiotagem e associação criminosa.

Denúncias em Camocim

Aqui em Camocim essa prática se tornou corriqueira, inclusive alguns já foram presos pela Polícia Militar. As vítimas que se sentirem lesadas podem denunciar para o 190 ou diretamente para o Raio através do Whatsapp 9 9351 2054.

SSPDS

JOVEM DE 20 ANOS MORRE AFOGADO AO TENTAR SALVAR AMIGO NA PRAIA


Corpo de de Gabriel da Silva Peroba foi encontrado na tarde desta segunda-feira (26), próximo à estátua de Iracema.

Um jovem de 20 anos morreu afogado após tentar salvar um amigo que também se afogava no mar da Praia de Iracema, em Fortaleza, por volta das 16h de domingo (25). O corpo de Gabriel da Silva Peroba foi retirado da água pelo Corpo de Bombeiros perto das 16h30 de segunda-feira (26), a 30 metros da areia da praia, perto da estátua de Iracema. O jovem que se afogava conseguiu se salvar.
Segundo Xirlene Braga, tia da vítima, Gabriel estava na praia com a namorada e amigo quando percebeu que um dos colegas fazia sinais de que estava se afogando. "A namorada dele foi chamar os salva-vidas, mas quando voltou já viu o Gabriel no mar se afogando também", afirma.
Xirlene contou ainda que a namorada de Gabriel desmaiou no local e foi levada para casa pelos amigos do casal. "Ela tentou entrar no mar, tentou salvar a vida dele, mas os amigos puxaram ela. Ela acabou passando mal, desmaiou e não conseguiu contar mais detalhes", relatou.
O Corpo de Bombeiros foi acionado por familiares da vítima e fazia buscas pelo jovem desde o domingo (25).

Fonte: G1Ce