VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

terça-feira, 11 de julho de 2017

FORÇAS DE SEGURANÇA RECEBEM 329 NOVAS VIATURAS


Governador Camilo Santana entregou nesta segunda-feira (10) os novos veículos para a Polícia Militar, Polícia Civil e Perícia Forense

Os novos veículos para as Forças de Segurança do Estado são picapes e minivans, dos modelos Duster, Trailblazer, Pajero e Aircross, todas equipadas para atuação imediata nas ruas ( Foto: Natinho Rodrigues )
As forças de segurança do Estado receberam nesta segunda-feira (10), em cerimônia com a presença do governador do Ceará, Camilo Santana, o reforço de 329 novas viaturas. Os veículos, que custaram R$ 28 milhões aos cofres públicos, serão usados pela Polícia Militar (PM), Polícia Civil e Perícia Forense.
De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), com o reforço na frota, as forças de segurança do Estado passam a contar com um total de 1.566 veículos, um número 26,6% superior aos 1.237 automóveis que tinha à disposição até então.
"Todas essas viaturas estão completamente equipadas. Foi um investimento de quase R$ 30 milhões, não só na aquisição dos veículos, mas também nos equipamentos. Esse é mais um esforço que o Estado faz diante do desafio, que é o maior desafio no País, do combate à violência. Precisamos construir uma política de Segurança Pública", destacou Camilo Santana.

Conforme a SSPDS, a maioria dos veículos foi destinada à PM, que recebeu 270 automóveis, incluindo 22 para a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), duas bases móveis e seis guinchos. A Polícia Civil, por sua vez, ficou com 50 viaturas, sendo dez descaracterizada para ações de inteligência. A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) ficou com outros nove veículos.

Modelos

Os novos veículos para as Forças de Segurança do Estado são picapes e minivans, dos modelos Duster, Trailblazer, Pajero e Aircross, todas equipadas para atuação imediata nas ruas. No interior de cada unidade da PM, os profissionais da segurança terão acesso a tablets para monitoramento das operações em tempo real, em substituição aos TMDs (Terminais Móveis de Dados), e dotados com sistema de localização GPS (Sistema de Posicionamento Global), para traçar as rotas percorridas das viaturas e realizar o rastreamento das ocorrências via Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops).

Fonte: DN

Nenhum comentário: