VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sexta-feira, 12 de maio de 2017

SUSPEITO DO ASSASSINATO DE DELEGADO DA POLÍCIA CIVIL É MORTO A TIROS

Paulo Roberto de Vasconcelos foi morto no Conjunto João Paulo II

A Polícia registrou na tarde desta quarta-feira (10) o assassinato de um bandido na periferia da Capital. Ele era apontado como um dos suspeitos de envolvimento na morte de um delegado da Polícia Civil. O crime ocorreu no ano passado, durante tentativa de assalto.
Paulo Roberto de Vasconcelos Maia, 27 anos, foi morto com vários tiros à queima-roupa no Conjunto João Paulo II, no Grande Jangurussu, na zona Sul de Fortaleza.  Segundo as primeiras informações  colhidas pela Polícia no local do crime,  tratou-se de um execução sumária. Há suspeitas de um acerto de contra entre bandidos daquela região, onde a disputa pelo domínio no tráfico de drogas tem sido constante, com constantes tiroteios e mortes.
No ano passado, o nome do bandido surgiu nas investigações sobre a morte do delegado da Polícia Civil Audízio Ferreira Santiago Pinheiro, que tinha 55 anos, era lotado na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) e estava prestes a se aposentar do serviço público.
Na manhã do dia 15 de novembro de 2016, feriado da Proclamação da República, o delegado retornava para casa à pé, junto com o filho e a namorada deste. Os três tinham indo a uma missa numa igreja próxima de casa e  caminhavam pela Rua Noruega, no bairro Maraponga (zona Sul de Fortaleza), quando foram atacados por um casal numa motocicleta. Audízio estava desarmado, mas mesmo assim tentou reagir e foi atingido com um tiro no rosto, tendo morte imediata.

Apontado

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) entrou nas investigações do crime e, no dia seguinte, o primeiro suspeito foi detido na Barra do Ceará (zona Leste. Tratava-se de Danilo Andrade de Sousa, 19 anos, que teria confessado o crime e apontado um comparsa, além da mulher que foi vista na prática do assalto.
Desde então, a Polícia caçava o segundo assaltante, no caso, Paulo Roberto, que acabou sendo morto nesta quarta-feira.

Fonte: Fernando Ribeiro

Nenhum comentário: