VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sexta-feira, 5 de maio de 2017

OPERAÇÃO CONJUNTA ENTRE POLÍCIA MILITAR E POLÍCIA CIVIL PRENDE 12 PESSOAS EM SOBRAL


Uma operação desencadeada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), juntamente com as Polícias Civil e Militar, resultou nas capturas de doze pessoas envolvidas em ações criminosas na cidade de Sobral. A investida que teve início na tarde de ontem (03) e foi concluída nesta quinta-feira (04). Além da apreensão de entorpecentes, as ações resultaram ainda nas apreensões de duas armas de fogo.
No total, participaram 141 profissionais de segurança, sendo 11 policiais lotados na SSPDS, 60 policiais militares e 70 policiais civis de várias delegacias do Interior Norte do Estado. A primeira etapa da operação ocorreu na tarde de ontem, quando cinco suspeitos foram capturados, no residencial Caiçara, em Sobral. 
Foram presos Francisco Marcílio dos Santos Marques (29) – com passagens pela Polícia por roubo, ameaça e tráfico de drogas; João Thales Ribeiro da Silva (29) – com antecedentes por ameaça, extorsão e tentativa de roubo; Catarino Cícero Félix Laureano (18) e Denilson Sousa Moura (19). Estes dois últimos não possuíam passagens pela Polícia. Um adolescente de 17 anos, participe do bando, também foi apreendido. O menor já respondia a dois atos infracionais, por roubo.
Com o grupo, os policiais apreenderam dois revólveres,21 munições, R$ 68,00 em espécie e aparelhos celulares. Outras munições também foram apreendidas no interior dos apartamentos onde estavam os indivíduos.

A segunda parte da ação foi realizada hoje e culminou nas capturas de sete suspeitos. 
Foram presos: Dionísio Ferreira da Silva (71), João Victor Matos Braga (37), Tiago Silva de Oliveira Lima (28) e Marcondes Feitosa dos Santos (31). Os quatro suspeitos foram autuados em flagrante por porte e posse de munições de arma de fogo. Outras duas pessoas foram presas por tráfico de drogas, sendo estas identificadas por Heberti Franco da Silva (30) e Maria da Conceição Teófilo Ferreira (38). Por fim, um suspeito, Daniel Batista Ferreira (36), foi autuado por condição análoga à escravidão, por manter pessoas trabalhando como agricultores, em sua propriedade, sob condições sub-humanas.
Todos os procedimentos foram encaminhados para a Delegacia Regional de Sobral. De acordo com o delegado Jesiel Kavrokov, que presidiu os inquéritos policiais, o saldo foi muito positivo, porque resultou nas capturas de integrantes de grupos criminosos que atuavam na cidade de Sobral, a partir de uma investida desenvolvida em conjunto pelas forças de segurança do Estado.


Fonte: SSPDS

Um comentário:

René disse...

se olharmos para u numero de prisões a operação foi excelente, mas se olharmos o conjunto da obra foi muito baixo considerando o aparato policial envolvido.