VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

quarta-feira, 3 de maio de 2017

ATÉ QUANDO? MAIS UM POLICIAL É MORTO A BALA NA CIDADE DE FORTALEZA

Policial foi baleado no abdômen durante assalto nesta quarta-feira em Fortaleza.

Um soldado da Polícia Militar foi baleado durante um assalto na tarde desta quarta-feira (3) no Bairro Ellery, em Fortaleza. De acordo com a polícia, a vítima foi atingida por um disparo na região do abdômen e não resistiu. O Soldado Francisco Gledson Matias, 37 era lotado no 2ª Companhia do 7º Batalhão de Polícia Comunitária (Nova Russas). 
Segundo o comandante de policiamento da capital, coronel Francisco Souto, o policial foi abordado na rua de sua casa por um criminoso armado. O homem se aproximou em uma moto e anunciou o assalto. O comandante informou que ainda não se sabe se o policial militar reagiu ao roubo. Não houve troca de tiros.
O homem atirou contra o PM e o atingiu na barriga. O soldado chegou a ser levado por vizinhos ao Hospital Frotinha do Bairro Antônio Bezerra, mas não resistiu ao ferimento e morreu no local. Após o crime, o homem fugiu sem ser identificado.
O coronel Francisco Souto informou que o policiamento na região foi reforçado para tentar prender o suspeito. "Foram enviadas equipes do Ronda do Quarteirão, POG (Policiamento Ostensivo Geral) e motocicletas do Raio. Estão sendo realizadas diligências na área para prender o bandido."
A Polícia Civil foi acionada e enviou uma equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) ao local do crime, para iniciar as investigações acerca do ocorrido. A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também foi enviada.


Violência

Com este caso, subiu para sete o número de policiais assassinados neste ano no Ceará, segundo dados computados pelo G1, com base em informações da SSPDS e Associação dos Profissionais de Segurança (APS). O caso mais recente havia sido no dia 16 de abril, no município de Russas, a 160 quilômetros de Fortaleza. Um policial do Batalhão de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) foi morto em uma troca de tiros com criminosos na comunidade de Capim Grosso, zona rural do município.

Fonte: G1Ce

4 comentários:

Anônimo disse...

Até quando ?

Anônimo disse...

TODOS POLICIAIS QUE É MORTO FALAM QUE E ASSLTO, ISSO AI E MATANÇA MESMO, ESTAMOS JOGADO AS TRAÇAS

Anônimo disse...

Até o dia que o governo brasileiro não se deixar ser pressionado pelas facções. Essas são as que estão ditando as regras ultimamente.

Anônimo disse...

Até o dia que alguém pegar esse legisladores e meter a peia e rasgar a constituição federal que dá camisa pro bandidos